Avaliações fonológicas: análise das palavras de maior ocorrência considerando o vocabulário e a classe de sons

Ariane M. Gomes, Thaís D. Feltin, Angélica Savoldi, Márcia Keske-Soares

Resumo


O objetivo do estudo foi analisar as palavras selecionadas como mais frequentes entre quatro avaliações fonológicas disponíveis no Português Brasileiro e, destas, verificar quais fazem parte do vocabulário básico das crianças e as classes de sons de maior ocorrência. Analisou-se as palavras que compõem os testes AFC, ABFW, REALFA e AVALIE, sendo consideradas como mais frequentes as que ocorreram em, no mínimo, três dos quatro testes. Das palavras analisadas, a maioria faz parte do vocabulário básico das crianças; já com relação às classes de sons, estas, no geral, seguiram a ordem de aquisição fonológica. Assim, os avaliadores devem estar atentos para que seja possível verificar na avaliação todos os fonemas em todas as suas posições. Além disso, o terapeuta tem uma essencial função na seleção das palavras-estímulos visando o posterior sucesso no tratamento fonoaudiológico.


Palavras-chave


patologia da fala e linguagem, estudos de avaliação como assunto, testes de associação de palavras, criança.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.