Avaliação do Efeito de Assessoria Vocal com Professores Universitários

Emilse Aparecida Merlin Servilha, Máryam de P. Arbach

Resumo


Introdução: A atuação fonoaudiológica tem alcançado resultados positivos no cuidado dos distúrbios vocais do professor. Objetivo: avaliar o efeito de assessoria fonoaudiológica oferecida para professores universitários. Material e Método: Participaram oito docentes com média de idade de 52,5 anos, 75% do sexo feminino e 25% do masculino. O trabalho envolveu sete encontros com periodicidade semanal abordando: saúde vocal (comportamentos e atitudes que preservam a voz, uso da voz em sala de aula e amplificação sonora), técnicas vocais (aquecimento/desaquecimento, ressonância, projeção e modulação vocais) e coordenação respiração-fonação. O protocolo Índice de Desvantagem Vocal (IDV) foi aplicado no primeiro e no último dia da assessoria e seus valores comparados e tomados como parâmetros para se avaliar o feito da assessoria vocal. Resultados: a pontuação IDV total dos professores foi, no pré-teste 107, e 82 no pós-teste, havendo redução de 25 pontos. Em nível individual, os valores variaram de 3 a 24 no pré-teste e de 1 a 20 no pós-teste, ambos indicando baixa desvantagem vocal. Os valores das subescalas obtidos no pré-teste foram: 24 (Funcional), 30 (Emocional) e 53 (Orgânica); e no pós-teste: 25, 11 e 46, respectivamente. A comparação entre os escores das subescalas nos dois momentos mostrou diferença significativa (p=0,042) na Emocional. Conclusão: A assessoria vocal mostrou efeitos positivos sobre a voz e bem-estar dos professores, constatados pela redução dos escores geral e das subescalas do IDV, em especial na dimensão emocional.


Palavras-chave


voz; distúrbios da voz; docentes; treinamento vocal

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.