Aspectos de linguagem e motricidade oral observados em crianças atendidas em um setor de estimulação precoce

Vanessa Giacchini, Aline Tonial, Helena Bolli Mota

Resumo


Introdução: A estimulação precoce é definida como uma técnica terapêutica que aborda, de forma elaborada, diversos estímulos que podem intervir na maturação da criança, com a finalidade de estimular e facilitar posturas que favoreçam o desenvolvimento motor e cognitivo de crianças com alguma deficiência. Objetivo: expor os resultados obtidos através da instrumentalização fonoaudiológica à profissional que atua em um Setor de Estimulação Precoce de uma instituição sem fins lucrativos do sul do país. Método: Avaliou-se 11 sujeitos com idade entre 12 meses a 4 anos. Destes, 3 possuem diagnóstico de Síndrome de Down, 4 de Paralisia Cerebral e 4 crianças apresentavam atraso no desenvolvimento neuropsicomotor. Para as avalições empregou-se o Protocolo de Observação Comportamental – PROC (2004) e partes do protocolo MBGR (2009). Resultados: Todas as crianças acompanhadas apresentaram melhoras, tanto no aspecto de linguagem, quanto em relação a aspectos orofaciais. Dentre os sujeitos, as crianças com atraso no desenvolvimento neuropsicomotor foram as que demostraram maiores progressos. Destaca-se também a melhora do tônus das estruturas do sistema estomatognático das crianças com Síndrome de Down. Conclusão: Salienta-se, com os resultados obtidos, o mérito da estimulação precoce adequada nos primeiros anos de vida, evidenciando o seu papel na maturação cerebral de crianças com necessidades especiais e destacando o papel do fonoaudiólogo nesse trabalho.


Palavras-chave


estimulação precoce; fonoaudiologia; desenvolvimento infantil

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.