A influência da dinâmica familiar no desenvolvimento da linguagem

Taís Cervi, Luciana da Silva Barberena, Mariane da Silva Brandão, Marcia Keske-Soares

Resumo


Objetivo: demonstrar a relação entre o desvio fonológico e as influências do discurso parental nesta desordem da linguagem. Material e método: a pesquisa baseou-se em uma metodologia qualitativa, a partir da análise de conteúdo. Participaram da pesquisa doze familiares/responsáveis pelas crianças que foram diagnosticadas como com desvio fonológico e encaminhados ao Centro de Estudo de Linguagem e Fala (CELF) do Serviço de Atendimento Fonoaudiológico (SAF) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Utilizou-se como instrumento uma entrevista com questões abertas - Entrevista do Discurso Parental - a fim de verificar em que contexto a criança se encontrava no discurso dos seus responsáveis. Resultados: os resultados obtidos por meio do instrumento utilizado serviram como um comparativo entre o sintoma apresentado pela criança – desvio fonológico – e a significação dada a ela por meio do discurso dos familiares. Constatou-se também, na fala das mães a dificuldade de separação entre mãe/criança. Conclusões: observou-se que algumas características em relação ao comportamento das crianças estavam relacionadas aos discursos parentais.

 


Palavras-chave


Criança; Distúrbios da fala; Relações Familiares.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.