Análise da curva entoacional da fala do personangem João Grilo, Interpretado por Matheus Nachtergaele

Sintia Ribeiro Souza, Zulina Souza Lira

Resumo


Introdução: Na prática fonoaudiológica, o sotaque é, às vezes, tratado por meio do conhecimento intuitivo ou da própria vivência profissional. No trabalho com atores, o fonoaudiólogo pode tomar como base os aspectos lexicais, segmentais e suprassegmentais que estão presentes na fala, entendendo esses aspectos sob a perspectiva da variação linguística. Objetivo: Analisar a entoação dialetal da fala de um personagem do sertão da Paraíba, interpretado pelo ator Matheus Nachtergaele. Método: Foram selecionados trechos de fala do filme O Auto da Compadecida. Dos trechos selecionados, extraíram-se quatro frases interrogativas que foram segmentadas. Em seguida, procedeu-se à análise do comportamento da frequência fundamental, isto é, a evolução da F0 ao longo do enunciado, utilizando o software PRAAT 5.2.22. Resultados: Nas frases analisadas, observou-se comportamento melódico variado, não havendo uma única caracterização, uma vez que diferentes padrões de frequência fundamental se alternam, dependendo do ponto de vista da sílaba tônica e da pós-tônica no final dos enunciados. Conclusões: Os achados deste estudo mostram que o comportamento da frequência fundamental, isto é, a evolução de F0 ao longo do enunciado interrogativo caracteriza-se por uma configuração ascendente em final de frase, embora os contornos melódicos apresentem desenhos singulares. É nítida a importância do conhecimento sobre entoação dialetal para o trabalho fonoaudiológico com profissionais da mídia, conduzindo-os a uma caracterização mais fidedigna, conforme o sotaque representado.

 


Palavras-chave


fala; voz; linguística; prática profissional.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.