Interação comunicativa entre pais de crianças e adolescentes deficientes auditivos que utilizam comunicação oral

Eliane Maria Carrit Delgado-Pinheiro, Laura Mochiatti Guijo, Rafaela Cristina da Silva Bicas

Resumo


Introdução: A participação familiar é um dos aspectos mais importantes na intervenção fonoaudiológica com as crianças e os adolescentes deficientes auditivos e por meio dela as situações pragmáticas irão se transformar em relevantes oportunidades para o desenvolvimento da audição e da comunicação oral. Objetivo: Analisar a interação comunicativa entre pais de crianças e adolescentes com deficiência auditiva que utilizam comunicação oral. Metodologia: Participaram deste estudo quatro pais com seus respectivos filhos deficientes auditivos. Os participantes deficientes auditivos foram duas crianças, com idade de dois anos, sendo uma usuária de Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI) e a outra usuária de Implante coclear (IC) e os outros dois eram dois adolescentes com idade de 12 e 14 anos, sendo um usuário de AASI e outro usuário de IC. O material utilizado foi o “checklist”, que apresenta 22 comportamentos que analisam a interação quanto à estimulação da audição e linguagem, pontuados por juízes a partir da Escala Lickert e classificados como “raramente”, “ocorre” e “frequentemente”. Resultados: A concordância entre os juízes foi de 97,8%. De acordo com a pontuação e classificação estabelecida pelos juízes, destaca-se que: em todas as interações, os pais estimularam a audição e a linguagem, frequentemente. Conclusão: Os resultados demonstram que pais de crianças ou adolescentes deficientes auditivos inseridos em um programa aurioral, no qual ocorre grande ênfase nas orientações familiares, utilizaram comportamentos apropriados para a estimulação da audição e da linguagem nas interações com seus filhos.

 


Palavras-chave


Perda Auditiva; Família; Implante Coclear; Auxiliares Da Audição.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.