Achados audiológicos de lactentes com síndrome de Down

Nádia Giulian Carvalho, Christiane Marques do Couto, Tatiana Guilhermino Tazinazzio Coelho Costa, Thaís Antonelli Diniz Hein, Maria Francisca Colella Santos

Resumo


A síndrome de Down envolve sinais morfológicos que predispõem o surgimento de alterações auditivas. É fundamental para o desenvolvimento global do indivíduo a identificação precoce de alterações auditiva e a Triagem Auditiva Neonatal é o primeiro passo para que ela ocorra. No entanto, são escassos estudos que descrevem a audição desta população ainda nos primeiros meses de vida. Objetivo: Avaliar os achados audiológicos de lactentes com síndrome de Down na triagem auditiva neonatal e na avaliação audiológica considerando-se as variáveis sexo, indicadores de risco e idade gestacional. Materiais e Métodos: Pesquisa do tipo experimental, descritiva, transversal, constituída de lactentes com síndrome de Down, que permaneceram na UTI e/ou Cuidados Intermediários. Foi realizada triagem auditiva neonatal e independente dos resultados, os lactentes foram encaminhados para investigação audiológica. Resultados: Na triagem auditiva neonatal 71,4% dos lactentes falharam, não houve relação de significância das falhas com as variáveis correlacionadas. A partir da análise conjunta dos testes auditivos verificou-se audição normal bilateral em 42,85% e perda auditiva condutiva em 57,14%. Conclusão: A maioria dos lactentes com síndrome de Down falhou na triagem auditiva e em mais da metade que falhou, a alteração auditiva foi encontrada e/ou confirmada, sendo a perda auditiva condutiva a mais frequente.


Palavras-chave


Audição; síndrome de Down; Triagem; Vias auditivas, Eletrofisiologia.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.