Análise de estórias clássicas infantis como recurso motivacional na terapia vocal

Eliane Santos Fernandez, Elaine Pavan Gargantini, Iára Bittante de Oliveira, Sheila Cristina Bordin

Resumo


Introdução: a motivação da criança disfônica para melhor compreensão e aderência à terapia vocal é imprescindível. Estratégias terapêuticas constituem um desafio ao fonoaudiólogo e assim, recursos bibliográficos podem contribuir para facilitar a compreensão da criança em relação à importância da voz e comportamentos vocais adequados. Objetivo: selecionar e analisar livros clássicos infantis que envolvam contextos relacionados a voz, com intuito de motivar crianças disfônicas em processo terapêutico.Método:foi realizada análise documental de estórias clássicas infantis, disponíveis em meio eletrônico e em papel. Foram selecionadas estórias que envolvessem descrições da voz de personagens ou alusões à voz, de forma a poder atrair a atenção da criança e facilitar sua compreensão sobre diferentes aspectos relacionados à produção vocal. As estórias selecionadas foram lidas e organizadas de acordo com critérios de inclusão.Resultados: foram encontradas estórias em sua maioria tradicionais, que enfocam a voz tanto como característica positiva de personagens, como envolvendo tramas que possibilitam sua valorização. Por outro lado, alguns contos focam as peculiaridades da voz de forma negativa,o que pode facilitar também a reflexão infantil sobre as desvantagens de uma voz não saudável.Conclusão: a literatura infantil há muito tempo aborda a voz de diferentes formas. Isso pode proporcionar de forma lúdica, oportunidades de reflexão pela criança sobre as vantagens de uma voz saudável e “bonita”. Tal recurso pode ser utilizado pelo fonoaudiólogo como meio motivacional no processo terapêutico.

 

 

 

 


Palavras-chave


criança; biblioterapia; disfonia;livros;voz

Texto completo:

PDF PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.