A Neuropsicologia como especialidade na Fonoaudiologia: consenso de fonoaudiólogos brasileiros

Lenisa Brandão, Rochele Paz Fonseca, Karin Zazo Ortiz, Deborah Azambuja, Jerusa Fumagalli de Salles, Ana Luíza Navas, Maria Teresa Carthery-Goulart, Maria Isabel d´Ávila Freitas, Karina Carlesso Pagliarin, Denise Ren da Fontoura, Sheilla de Medeiros Correia Marin, Esther Mandelbaum Gonçalves Bianchini, Jaime Luiz Zorzi, Bianca Arruda Manchester de Queiroga, Maria Cecília de Moura, Letícia Lessa Mansur, Maria Alice de Mattos Pimenta Parente

Resumo


Em janeiro de 2015 o Conselho Federal de Fonoaudiologia publicou a resolução que dispõe sobre as atribuições e competências relativas ao Fonoaudiólogo Especialista em Neuropsicologia. Dada a importância do reconhecimento dessa especialidade, faz-se necessário divulgar o histórico da atuação do fonoaudiólogo na área e refletir sobre seu papel na Neuropsicologia. Estima-se que o reconhecimento da atuação fonoaudiológica na área da Neuropsicologia produzirá maior investimento no desenvolvimento de práticas profissionais compatíveis com o alto desempenho em avaliação e intervenção neuropsicológicas para a saúde da comunicação em nosso país.


Palavras-chave


Neuropsicologia; Fonoaudiologia; comunicação; cognição; cérebro.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.