Atuação fonoaudiológica no NASF do município de Santa Rita – PB

Nieliton Costa da Silva, Eva Carolina Fonseca de Rezende Cruz, Maria Edvany de Melo Pereira, Ivonaldo Leidson Barbosa Lima

Resumo


Introdução: O Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF objetiva ampliar as ações de saúde na atenção básica e aumentar a resolubilidade de problemas clínico-sanitários nos territórios. Objetivo: Caracterizar a atuação fonoaudiológica no NASF do município de Santa Rita – PB. Método: Utilizou-se método descritivo e transversal, por intermédio de um questionário contendo 36 questões com respostas abertas e fechadas que investigavam o processo de trabalho no NASF. A coleta foi realizada com sete fonoaudiólogas, que atenderam aos seguintes critérios de elegibilidade: trabalhar no NASF há no mínimo seis meses e assinar o termo de consentimento livre e esclarecido. Os dados foram tabulados e analisados quantitativamente. Resultados: As fonoaudiólogas relataram realizar de maneira satisfatória, ações como PSE, Visita Domiciliar, Capacitação e Suporte aos ACS, Ações conjuntas com a ESF, Orientações, Atendimento individual e também evidenciaram a necessidade de contratação de mais fonoaudiólogos. Relataram ainda utilizar com frequência ferramentas como o Atendimento compartilhado com profissionais do NASF, o Apoio Matricial e a Clínica Ampliada. Sobre a infraestrutura, houve constância entre todas as profissionais percebendo que este quesito obteve uma pontuação pouco satisfatória. Conclusão: As fonoaudiólogas demonstraram sincronia no processo de trabalho e nas ações realizadas, declarando ainda que mesmo em meio à problemática encontrada no quesito infraestrutura, o NASF de Santa Rita – PB tem desempenhado seu papel de maneira efetiva.


Palavras-chave


Saúde da Família; Saúde Pública; Atenção Primária à Saúde; Fonoaudiologia

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-2724.2019v31i1p170-178

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.