Estudo da correlação entre índice de inteligibilidade de fala Speech Intelligibility Index (SII) e índice percentual de reconhecimento de fala

Loretta Fabianne Nigri, Maria Cecília Martinelli Iório

Resumo


Introdução: A audição é um dos sentidos mais nobres, uma vez que sua principal função está ligada à aquisição e ao desenvolvimento da linguagem oral, essencial para a comunicação nas relações interpessoais e para o contato com o meio ambiente. O impacto de uma privação sensorial auditiva interfere na habilidade de interpretar sons de fala. Objetivo: Verificar se há correlação entre os valores do Speech Intelligibility Index (SII) e do Índice Percentual de Reconhecimento de fala (IPRF). Método: Foram avaliados os dados obtidos nos prontuários de 55 idosos de ambos os sexos com perda auditiva neurossensorial adquirida bilateral de grau moderado a severo, usuários de próteses auditivas acompanhados no serviço de saúde auditiva do Hospital São Paulo. Foram analisados os valores de SII obtidos na verificação dos AASI por meio do equipamento Verifit®Audioscan e os valores de IPRF para estímulos monossilábicos. Após a coleta dos dados os resultados foram submetidos à análise estatística. Resultados: As perdas auditivas foram classificadas quanto ao grau. Os idosos foram caracterizados segundo a idade e gênero e os valores de SII e IPRF foram analisados por orelha (direita e esquerda). O IPRF médio foi de 72,56% na OD e de 73,85% na OE e o SII de 58,44% na OD e 59,73% na OE. Foram determinadas equações para classificação da perda auditiva conforme grupos e equações para determinação de valores de SII e IPRF, conforme cada orelha. Conclusão: Houve correlação fraca entre os valores de SII e o IPRF obtido com estímulos monossilábicos nos idosos com perda auditiva de grau moderado a severo.


Palavras-chave


Inteligibilidade de Fala; Auxiliares de Audição; Perda Auditiva; Idoso

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-2724.2019v31i1p33-43

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.