Assessoria fonoaudiológica: análise de um processo de construção entre o fonoaudiólogo e o teleoperador

Leslie P. Ferreira, Eliane B. Caraça, Ana C. B. Almeida, Marta A. Andrada e Silva

Resumo


Introdução: Fatores presentes no trabalho dos teleoperadores podem favorecer o aparecimento de alterações de voz e reduzir a eficiência da comunicação, prejudicando o profissional em sua relação com o cliente e com a empresa na qual ele atua. Problemas de voz podem surgir em decorrência da relação que o sujeito estabelece com a profissão ou pelo uso vocal intenso. O objetivo desta pesquisa é analisar o processo de uma atuação conjunta entre o fonoaudiólogo e um grupo de teleoperadores que teve como prioridade capacitá-los como promotores de sua própria saúde. Material e Método: Foi realizada intervenção fonoaudiológica com dois grupos de teleoperadores de uma empresa de SP. O processo envolveu dois encontros denominados Grupos Focais (GF’s), quatro encontros denominados Grupos de Trabalho (GT’s) e um último encontro que foi chamado de Grupos Focais de Reflexão (GRF). O conteúdo abordado na atuação considerou questões de voz, audição e promoção da saúde, realizados por meio de dinâmicas, exercícios e vivências. Resultados: Os sujeitos relataram angústias, frustrações, desencantos com relação ao ambiente de trabalho e foi possível compreender a importância da postura de acolhimento que o fonoaudiólogo, enquanto agente da saúde, deve manifestar, ao proporcionar condições para os indivíduos falarem sobre o que sentem no ambiente de trabalho. Conclusão: O fonoaudiólogo como profissional da saúde ao inserir-se nesse contexto, deve estar ciente da necessidade de compreender a importância da interdisciplinaridade e da interlocução com a população com a qual pretende atuar, de perceber-se como agente social e da necessidade de ir a campo e incorporar a realidade social e cultural dessa população.

Palavras-chave


qualidade de vida, grupos de treinamento de sensibilização, ação intersetorial

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.