A autopercepção como facilitadora de terapia vocal em grupo

Anna Alice F. de Almeida, Marilia de Queiroz Telles

Resumo


Introdução: a percepção é um processo pelo qual as pessoas selecionam, organizam e interpretam a estimulação sensorial recebida por meio de suas vivências. Objetivo: verificar a modificação no comportamento vocal de indivíduos submetidos à terapia fonoaudiológica em grupo, bem como a importância do desenvolvimento da autopercepção nesse processo. Métodos: participaram 22 sujeitos do projeto “voz e comunicação”, 8 (36,4%) do sexo masculino e 14 (63,6%) do feminino, com média de 43,6 anos de idade; 16 (72,7%) eram profissionais da voz. Utilizou-se a análise quantiqualitativa das respostas aos protocolos aplicados em momento inicial e final de uma proposta de intervenção fonoaudiológica realizada em grupo, para verificar o conhecimento dos fatores, aspectos e intercorrências relacionados à produção e à dinâmica vocal em diferentes contextos comunicacionais. Resultados: a maioria, 16 (72,7%), atribuiu características negativas a sua voz e 14 (63,7%) manifestaram insatisfação com a voz. Dos 17 (77,3%) que referiram dificuldades comunicativas, 12 (70,6%) as remeteram à interferência negativa de sintomas vocais, com prevalência de: rouquidão, voz cansada e garganta ressecada, referido por 19 (86,4%) sujeitos. Quanto às emoções 16 (72,7%) referiram perceber modificações na voz, principalmente na vivência de emoções negativas. Enquanto no momento inicial 5 (22,4%) sujeitos demonstraram nada perceber da relação voz-corpo-ambiente, no final, restaram 2 (8%) e, do total, 21 (95,4%) explicitaram plena satisfação com a intervenção realizada, bem como relataram as mudanças de comportamento em relação à comunicação e à voz. Conclusão: a estratégia de se centrar a abordagem fonoaudiológica no desenvolvimento da auto-percepção demonstrou ser eficaz por ter evidenciado as relações intrínsecas e extrínsecas das manifestações vocais, capacitando o indivíduo para o dimensionamento da situaçãoproblema, além de conduzí-lo à implementação de práticas que favoreçam a superação de dificuldades percebidas nas diferentes situações comunicacionais.

Palavras-chave


comunicação; fonoaudiologia; voz; fonoterapia; autopercepção

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.