Ambientes virtuais, escrita e clínica fonoaudiológica

Marta C. R. Gertel, Cinthia V. Babler, Luiz A. P. Souza

Resumo


O uso da escrita em ambientes virtuais, sobretudo na Web, tem sido objeto de reflexão e de polêmica, pois afeta convenções e o uso tradicional da mesma. Na literatura fonoaudiológica informática e internet, geralmente, são utilizadas como subsídios terapêuticos modernos e eficazes. Entretanto, áreas afins já fazem uso do meio digital tanto para capacitação e aprimoramento profissional, como para mediação com o outro: aluno, paciente, familiares.
O objetivo desta pesquisa exploratória, realizada por meio de revisão bibliográfica e vinhetas clínicas, é discutir a efetividade do emprego da escrita virtual como dispositivo terapêutico fonoaudiológico. Aspectos éticos da relação terapeuta-paciente e o uso de novas formas da linguagem escrita no dia-adia de nossos pacientes são alguns dos pontos que merecem a atenção, discussão e reflexão por parte dos fonoaudiólogos na clínica contemporânea.

Palavras-chave


linguagem; fonoaudiologia; internet.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.