Associação entre os sintomas vocais e suas causas referidas em um grupo de coristas da cidade de São Paulo

Leslie P. Ferreira, Tatiana A. C. Gonçalves, Camila M. Loiola, Marta A. de Andrada e Silva

Resumo


Objetivo: Associar sintomas vocais e causas referidas de acordo com o sexo e a classificação vocal, em coristas. Método: 143 participantes entre 18 e 45 anos e de classificação vocal diversa, responderam a um questionário para levantamento de sintomas vocais e causas referidas. Foi realizada análise estatística (nível de significância de 5%) conforme a ocorrência de: sintomas e causas que mais aparecem segundo o sexo e classificação vocal e os mais frequentes na voz falada e/ou cantada. Para análise das diferenças entre sexo e classificação vocal foi utilizado o Teste de Mann-Whitney; a análise de correlação de Spearman foi utilizada para verificar a relação entre sintomas vocais e causas referidas. Resultados: Os sintomas mais mencionados foram pigarro/secreção (44,6% para ambos), rouquidão (22,9% das mulheres e 26,8% dos homens) e tosse seca (20,5% para o sexo feminino e 14,3% para o sexo masculino). Referente ao sexo, houve diferença significante (p=0,015) para homens quanto à presença de voz fraca. Na classificação vocal, garganta seca e boca seca diferenciaram-se, respectivamente, contraltos de sopranos. Dentre as causas, destacaram-se: gripe (50,8%), uso intenso de voz cantada (42,4%) e alergia (41,6%). Conclusão: Os sintomas vocais mais mencionados foram pigarro/secreção, rouquidão e tosse com secreção. Rouquidão foi mais mencionada na voz falada, enquanto que pigarro/ secreção, na voz cantada ou em ambos. Na correlação com o sexo, o sintoma de voz fraca esteve presente nos homens; e na correlação com a classificação vocal, os sintomas de garganta e boca secas estiveram mais presentes entre contraltos. As causas mais citadas foram gripe, uso intensivo da voz e alergia. Para o sintoma de rouquidão foram citadas como causas uso intenso da voz, infecção respiratória, alergia e problemas digestivos.

Palavras-chave


epidemiologia; voz; distúrbios da voz

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.