Estilo de vida e agravos à saúde e voz em professores

Emilse A. M. Servilha, Sarah S. C. Bueno

Resumo


Objetivo: Investigar a correlação entre agravos à saúde e hábitos de vida e voz referidos por professores. Métodos: Participaram 51 docentes, de uma escola pública estadual da cidade de Campinas-SP, que responderam ao questionário Condições de Produção Vocal-Professor. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e, posteriormente, compararam-se aqueles fornecidos pelos professores que referiram alteração vocal com os daqueles que a negaram, nas variáveis dos itens saúde, hábitos de vida, hábitos vocais e lazer, presentes no instrumento. Empregaram-se o teste Qui-quadrado e o teste Exato de Fisher e o nível de signifi cância foi de 5%. Resultados: No item saúde, foram signifi cativas a azia (p=0,039) e a perda de dentes (p=0,001) mais comuns em docentes que não fi zeram referência a alteração vocal. Quanto aos hábitos, já ter fumado (p=0,049), realizar a última refeição até 30 minutos antes de dormir (p=0,010) e ingerir menos de um litro de líquidos/dia (p=0,017) diferenciou os grupos, com destaque para aqueles que mencionaram alteração vocal. Quanto à voz, a satisfação com a mesma (p=0,016) distinguiu os dois grupos, sendo maior a frequencia no grupo sem alteração vocal. O estilo de vida deve ser considerado como elemento importante nas pesquisas sobre saúde e voz de professores e nas ações de qualifi cação desse segmento profi ssional, inserindo a voz como parâmetro de saúde e vinculada ao estilo de vida. Conclusão: Houve correlação entre estilo de vida e agravos à saúde e voz nas variáveis já ter fumado e fazer a última refeição até 30 minutos antes de dormir.

Palavras-chave


estilo de vida, saúde do trabalhador, voz, distúrbios da voz, docentes

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.