A DISCRIMINAÇÃO NO DISCURSO: A CATEGORIZAÇÃO DA MULHER SOB O ENFOQUE DA GRAMÁTICA SISTÊMICO-FUNCIONAL

Claudia Moreira dos Santos, Sumiko Nishitani Ikeda

Resumo


O objetivo deste artigo é comparar, à luz da Linguística Crítica, com apoio metodológico da Gramática Sistêmico-Funcional (GSF), a categorização da mulher e a do homem no jornal Folha de S. Paulo. Para tanto, a pesquisa deve responder às seguintes perguntas: (a) Com que frequência a mulher ou o homem são citados na primeira página do jornal Folha de S. Paulo? (b) Que tipo de atividade exercem homens e mulheres citados nessa página? (c) Que escolhas léxico-gramaticais revelam a ideologia subjacente à figura da mulher e à do homem?


Palavras-chave


categorização da mulher e do homem; análise do discurso crítica; Gramática Sistêmico-Funcional; Appraisal (Avaliatividade).

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Indexicadores

Apoio

A Revista The Especialist e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Lincença Creative Commons: Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)