Estratégias e Metodologias para o Ensino-Aprendizagem da Operação Aritmética da Multiplicação utilizando Tópicos da História da Matemática

Helena de Fátima Sousa Melo, Maria do Carmo Carvalho Sousa da Cunha Martins

Resumo


Resumo

As dificuldades no ensino-aprendizagem das operações aritméticas podem interferir na aquisição de algumas competências matemáticas básicas e, de certo modo, influenciar futuros processos de cálculo. Uma abordagem diferente, como a utilização de tópicos de História da Matemática, pode revelar-se uma boa estratégia para motivar os alunos e encaminhá-los para um conhecimento eficaz das referidas operações. Muitos foram os povos que aplicaram técnicas, processos, métodos e algoritmos na resolução de problemas do quotidiano ao longo da história. A Matemática de então tinha um cunho mais prático do que teórico, que decorria diretamente das necessidades diárias. Abordando estes meios ancestrais podemos cativar e estimular os alunos para as operações aritméticas, nomeadamente, a operação de multiplicação.Neste trabalho descrevemos o modo como alguns povos procediam à operação de multiplicação, bem como os métodos usados para tal, nomeadamente: a duplicação no Antigo Egito; a gelosia e o zigzag na India medieval; os bastões de Napier; a multiplicação com as mãos no Renascimento; e o processo de multiplicação do povo Yoruba.A utilização de diversos ábacos e o uso de outros materiais de efeito similar, como os bastões de Napier, podem ser um excelente complemento às estratégias para a aprendizagem da operação de multiplicação.

Palavras-chave: operação de multiplicação; história da matemática

Abstract

The difficulties in teaching-learning of arithmetic operations can interfere with the acquisition of some basic mathematical skills and, in a way, influence future computation processes. A different approach, such as the use of topics in the History of Mathematics, may prove to be a good strategy to motivate students and direct them to an effective knowledge of such operations. Many people have applied techniques, processes, methods, and algorithms to solve everyday problems throughout history. The Mathematics of that time had a more practical rather than a theoretical character, which came directly from the daily necessities. Approaching these ancestral techniques, we can call attention for and stimulate students for arithmetic operations, namely, the multiplication operation. In this presentation we present the way in which some people performed the multiplication operation, as well as the methods used for such: duplication in Ancient Egypt; “gelosia” and zigzag in medieval India; Napier's bones; multiplication with hands in the Renaissance; and the multiplication process of the Yoruba people. The use of several abacuses and of other materials of similar effect, such as the Napier rods, can be an excellent complement to the strategies for learning the multiplication operation.

Keywords: multiplication operation; History of Mathematics


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2178-2911.2019v20espp381-394

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM