Análise das demonstrações contábeis dos clubes brasileiros de futebol: comparação entre a situação econômica e financeira e o aproveitamento nas partidas oficiais de 2015 a 2017

Luciani da Silva Muniz, Maicon da Silva

Resumo


O futebol, além do aspecto social, tem grande papel econômico na sociedade brasileira, uma vez que movimenta altas cifras anualmente. Diante disso, esta pesquisa tem como objetivo geral verificar qual a relação entre a situação econômica e financeira e o aproveitamento nas partidas oficiais dos dez clubes melhores colocados do ranking da CBF de 2018. Para tanto, analisou-se a situação financeira e desportiva dos clubes no período de 2015 a 2017 e, ademais, estabeleceu-se uma correlação de dados Pearson entre aproveitamento e indicadores de desempenho. No geral, apesar de apresentarem grande capacidade de gerar receitas, os clubes demonstraram ineficiência no controle de custos e despesas. Ademais, pela correlação de dados, a maioria dos clubes apresentou dificuldade de buscar melhores aproveitamentos sem comprometer o cenário econômico e financeiro. Portanto, um dos grandes desafios dos dirigentes brasileiros é buscar um melhor desempenho desportivo sem comprometer as finanças da entidade. Nesse contexto, a contabilidade exerce importante papel, uma vez que fornece informações acerca da realidade patrimonial da entidade e, com isso, auxilia na tomada de decisão dos gestores.


Texto completo:

PDF

Referências


Amorim Filho, Manoel Henrique de e Silva, José Antonio Felgueiras da. (2012.). A gestão de clubes de futebol: Regulação, modernização e desafios para o esporte no Brasil. Recuperado em 15 set. 2018 de .

Brasil. (1976). Lei nº. 6.354 de 2 de setembro de 1976. Recuperado em 15 set. 2018 de:

.

Brasil. (1976). Lei nº. 6.404 de 15 de dezembro de 1976. Recuperado em 01 set. 2018 de:

.

Brasil. (1998). Lei nº. 9.615 de 24 de março de 1998. Recuperado em 15 set. 2018 de:

.

Brasil. (2003). Lei nº. 10.672, de 15 de maio de 2003. Recuperado em 15 set. 2018 de:

.

Brasil. (2015). Lei nº. 13.155, de 08 de agosto de 2015. Recuperado em 15 set. 2018 de:

.

CFC. (2015). Resolução CFC NBC ITG 2002 (R1). Recuperado em 08 set. 2018 de:

.

CFC. (2017). Resolução CFC NBC ITG2003 (R1). Recuperado em 08 set. 2018 de:

.

Figueiredo, Guilherme Henrique; Santos, Vanderlei dos; Cunha, Paulo Roberto da. (2017). Práticas de evidenciação em entidades desportivas: um estudo nos clubes de futebol brasileiros. Universidade Estadual de Maringá. Recuperado em 15 set. 2018 de:

.

Greco, Alvísio; Arend, Lauro. Contabilidade - Teoria e prática básicas. (2013). 4. ed. Saraiva. Recuperado em 27 ago. 2018 de

.

Lins, Luiz dos Santos; Francisco Filho, José. (2012). Fundamentos e análise das demonstrações contábeis: uma abordagem interativa. 1. ed. São Paulo: Atlas.

Marion, José Carlos. (2012). Análise das demonstrações contábeis: contabilidade empresarial. 7. ed. São Paulo: Atlas.

Nascimento, Antonio Rodrigues do. (2013). Futebol & relação de consumo. Barueri: Minha Editora. Recuperado em 25 ago. 2018 de < https://integrada.minhabiblioteca.com.br/books/9788520449295/pageid/0 >.

Oliveira, Aristeu de; Romão, Valdo. (2014). Manual do terceiro setor e instituições religiosas: trabalhista, previdenciária, contábil e financeira. 4. ed. São Paulo: Atlas. Disponível em: < https://integrada.minhabiblioteca.com.br/books/9788522466795/pageid/0 >. Acesso em: 08 set. 2018.

Paes, José Eduardo Sabo. (2017). Fundações, associações e entidades de interesse social. 9. ed. Rio de Janeiro..

Perez Junior, José Hernandez; Begalli, Glaucos Antonio. (2015). Elaboração e análise das demonstrações financeiras. 5. ed. São Paulo: Atlas.




DOI: https://doi.org/10.23925/cafi.v3i1.45676

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

A Revista CAFI apoia a Declaração de São Francisco sobre Avaliação de Pesquisa (DORA)

 Cirad assina a Declaração de São Francisco sobre a avaliação da pesquisa (DORA). Logo da iniciativa DORA



Indexadores

Conforme Qualis único de  2017-2018 (divulgado em 2019)


 

 

 

logo

 

Diretórios 

 

 

 

 

Creative Commons

 

A Revista Cafi adota a licença do CC-BY Creative Commons Attribution 4.0

 


ISSN 2595-1750