Cinema e tragédia

Autores

  • Ismail Xavier Universidade de São Paulo, Escola de Comunicações de Artes
  • Jean-Claude Bernardet Universidade de São Paulo, Escola de Comunicações de Artes
  • Luís Alberto Abreu
  • Tata Amaral

Resumo

Por ocasião do lançamento da revista Estudos de Cinema, o Centro de Estudos de Cinema, PUC, organizou, com o co-patrocínio do jornal Folha de S. Paulo, no dia 1º de de setembro de 1998, um debate sobre o tema "Cinema e tragédia". O número 1 de Estudos de Cinema trouxe um texto da cineasta Tata Amaral, fruto de sua palestra no CEC, no qual ela aborda as idéias relativas a cinema e tragédia com as quais vem trabalhando, seja em Um Céu de Estrelas, seja neste seu filme atual, Através da Janela. A idéia de se ampliar o debate sobre o tema surgiu, portanto, desse texto. Tata Amaral, era, assim, presença obrigatória no debate. Quanto aos demais convidados, Ismail Xavier vinha discutindo com a cineasta esse tipo de conceituação, e o co-roteirista de Um céu de Estrelas e Através da JanelaJean-Claude Bernardet tem exercitado esse viés como um caminho de dramaturgia do cinema brasileiro atual. Por fim, o dramaturgo Luís Alberto dee Abreu, além de colaborar com Tata em Através da Janela, tem trabalhado com o conceito de trágico em suas peças. O que aqui se segue é um resumo das comunicações de cada um durante o debate.

Downloads

Publicado

2019-02-01

Edição

Seção

Depoimento