Igreja no Nordeste, pastorais sociais e cristianismo da libertação: Assembleia Popular nos anos 2005-2010

Flávio Lyra de Andrade

Resumo


O corrente artigo analisa a construção de identidade coletiva dos cristãos na Assembleia Popular. Nele discute-se as pastorais e movimentos sociais nos Estados de Pernambuco e Paraíba, situando-os no contexto do Regional da CNBB NE2, no período de 2005 a 2010. Traz reflexões do campo da sociologia da religião em diálogo com a teologia. A ênfase do estudo é a discussão de como o cristianismo da libertação se expressa em iniciativa das pastorais sociais na articulação da Assembleia Popular, constituindo-se como uma tradição político-cultural. Na conclusão, problematiza-se o trânsito entre os campos político e religioso dos cristãos e dos participantes dessa experiência, trazendo questões de cunho eclesiológico e político-pastoral sobre o peculiar contexto das Igrejas Católicas de Olinda-Recife e João Pessoa no período.

Palavras-chave


cristianismo da libertação; sociologia da religião; pastorais sociais; identidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/rct.i0.45261

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Cultura Teológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2317-4307 | Impresso (descontinuada) 0104-0529

A Revista de Cultura Teológica e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/culturateo. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/culturateo.


A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: