A untura de Jesus por Maria (Jo 12,3)

Francisca Antonia de Farias Grenzer, Matthias Grenzer

Resumo


O Evangelho segundo João narra como “Maria, tendo tomado uma libra de perfume de nardo puro e muito caro, perfumou os pés de Jesus e, com seus cabelos, enxugou os pés dele”, sendo que “a casa ficou repleta do odor do perfume” (Jo 12,3). Alguns detalhes dessa ação, realizada pela irmã de Lázaro em Betânia chamam a atenção do ouvinte-leitor. Por que Maria usa uma quantidade tão grande de perfume, sendo que se trata de uma essência extremamente cara? E por que Maria perfuma justamente os pés de Jesus? Mais ainda, por que, após a untura, Maria enxuga os pés de Jesus com seus cabelos? Usar o perfume para depois recolher parte dele, aparentemente, não faz sentido. O estudo aqui apresentado procura compreender esses elementos da narrativa joanina, valorizando, sobretudo, o contexto literário e histórico-cultural do Evangelho segundo João.

Palavras-chave


Evangelho segundo João; nardo; untura; pés; cabelos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19176/rct.i88.30937

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista de Cultura Teológica. ISSN (impresso) 0104-0529 (eletrônico) 2317-4307

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN Online 2317-4307 | Impresso (descontinuada) 0104-0529

A Revista de Cultura Teológica e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/culturateo. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/culturateo.


A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: