Piedade popular e o culto a Maria: um olhar a partir do Diretório de Piedade Popular e Liturgia e da Exortação Apostólica Marialis Cultus

Newton Aquiles Von Zuben, Robert Donizeti Landgraf

Resumo


O presente artigo apresenta uma pesquisa sobre o que a instituição católica entende por piedade popular, tendo como base o Diretório de Piedade Popular e Liturgia, para em seguida, abordar o tema piedade popular mariana, com suas características próprias, como sentimento via cordis, exuberância, expressividade, vitalidade e caráter maravilhoso, e analisar a postura do catolicismo oficial, diante dessa maneira de vivenciar a fé. Posto isso, pesquisou-se o culto mariano, tendo como horizonte a exortação apostólica Marialis Cultus, de Paulo VI, que contém orientações, como bíblica, litúrgica, sensibilidade ecumênica e antropológica, para promover uma genuína reforma da veneração a Maria.

Palavras-chave


Piedade popular; culto; Maria

Texto completo:

PDF

Referências


Bibliografia

Obras gerais

AGOSTINO, G. Piedade popular. In: FIORES, Stefano De; MEO, Salvatore (Org.). Dicionário de Mariologia. Tradução de Álvaro A. Cunha, Honório Dalbosco e Isabel F.L. Ferreira. São Paulo: Paulus, 1995, p. 1067.

BALTHASAR, Hans Urs Von et al.O culto a Maria hoje. Tradução de Luiz João Gaio. São Paulo: Paulinas. 1979.

BOFF, Clodovis. MariologiaSocial:o significado da Virgem para a Sociedade. São Paulo: Paulus, 2006. (Col. Teologia Sistemática).

DORADO, Gonzalez Antonio. Mariologia Popular Latino-Americana: Da Maria Conquistadora à Maria libertadora. Tradução de Luiz João Gaio. São Paulo: Loyola, 1992.

FIORES, Stefano de. Maria en la teología contemporanea. Salamanca: Verdade e Imagen. 1991.

FIORES, Stefano de; MEO, Salvatore (Org.). Dicionário de Mariologia. Tradução de Álvaro A. Cunha, Honório Dalbosco e Isabel F.L. Ferreira. São Paulo: Paulus, 1995.

______. Figura bíblica de Maria e sua inculturação popular. Atualidade Teológica. Revista do Departamento de Teologia da PUC-Rio, n.36, p. 320-347,set./dez. 2010.

GAMBERO, L. Culto. In: FIORES, S. De; MEO, S. (Org.). Dicionário de Mariologia. Tradução de Álvaro A. Cunha, Honório Dalbosco e Isabel F.L. Ferreira. São Paulo: Paulus, 1995, p. 368-369.

MATTAI, G. Ex-voto, in: FIORES, S. De; MEO, S. (Org.). Dicionário de Mariologia. Tradução de Álvaro A. Cunha, Honório Dalbosco e Isabel F.L. Ferreira. São Paulo: Paulus, 1995, p. 510.

Documentos da Igreja

CONGREGAÇÃO PARA O CULTO DIVINO E A DISCIPLINA DOS SACRAMENTOS. Diretório de piedade popular e a liturgia: princípios e orientações. n.9. Disponível em: Acesso em: 3 fev 2017.

PAULO VI. Exortação apostólica Evangelii Nuntiandi. Disponível em:. Acesso em: 20 dez. 2017.

PAULO VI. Exortação apostólica Marialis Cultus. Disponível em: Acesso em: 3 fev. 2016.

VATICANO II. Constituição dogmática Lumem Gentium. Documentos do Concílio Ecumênico Vaticano II (1962-1965): Tradução da Tipografia Poliglota Vaticana. São Paulo: Paulus, 1997a.(Col. Documentos da Igreja).

VATICANO II. Constituição dogmática Sacrosanctum Concilium. Documentos do Concílio Ecumênico Vaticano II (1962-1965): Tradução da Tipografia Poliglota Vaticana. São Paulo: Paulus 1997b. (Col. Documentos da Igreja).




DOI: https://doi.org/10.23925/rct.i91.36597

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Cultura Teológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN Online 2317-4307 | Impresso (descontinuada) 0104-0529

A Revista de Cultura Teológica e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/culturateo. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/culturateo.


A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: