O modelo bilíngue/bicultural na educação do surdo

Lorena Kozlowski

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar um modelo de educação adotado por muitos países ao redor do mundo concernente a pessoas portadoras de deficiência auditiva.
A educação bilíngüe/bicultural refere-se à exposição do indivíduo surdo a dois ambientes lingüísticos: o gestual e o oral.
Por este enfoque educativo, o desenvolvimento lingüístico e cognitivo estariam sendo garantidos pela língua de sinais, considerada como primeira língua.
A segunda língua, oral ou escrita, seria responsável pela integração do indivíduo surdo no ‘mundo dos ouvintes’.
É de fundamental importância a exposição do deficiente auditivo a uma cultura surda.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.