Desenvolvimento da função visual em lactentes ouvintes e surdos: importância para a aquisição da língua de sinais

Maria Cecília M. Pinheiro Lima, Heloísa C. R. G. Gagliardo, Vanda M. G. Gonçalves

Resumo


O objetivo deste trabalho foi demonstrar a importância do desenvolvimento da Função Visual em 50 lactentes ouvintes, comparados com quatro lactentes surdos. Os lactentes ouvintes foram selecionados em cinco Hospitais Maternidade de Campinas (SP), e os surdos foram provenientes do Ambulatório de Neurodiagnóstico da Deficiência Auditiva ou do Centro de Estudos e Pesquisas em Reabilitação “Prof. Dr. Gabriel Porto” – Cepre/FCM/Unicamp. Foi considerado o setor Função Visual da Escala ELM (Coplan, 1983). Observou-se que todas as crianças ouvintes e uma surda, aos 5 meses, sorriam, reconheciam os pais, objetos e expressões faciais, acompanhavam objetos e psicavam para o perigo. Os lactentes ouvintes e surdos imitaram gestos a partir de 7 meses e começaram a utiliza-los, com regularidade, a partir de 11 meses. A compreensão de ordens verbais com gestos associados, iniciada aos 7 meses, foi apresentada por todos os lactentes ouvintes e surdos até o décimo-segundo mês. Avaliar a função visual pode trazer dados importantes sobre o desenvolvimento de linguagem do lactente, uma vez que a comunicação por gestos ocorreu antes e em maior freqüência do que a fala, no primeiro ano de vida.

Palavras-chave


neurodesenvolvimento, desenvolvimento de fala e linguagem, coordenação visuomotora, surdez.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.