Distúrbios alimentares em bebês: uma interlocução entre a fonoaudiologia e a psicanálise

Rosa Maria Marini Mariotto

Resumo


O presente artigo procura discutir os distúrbios alimentares em bebês, em especial a doença do refluxo gastroesofágico, articulando a noção de sujeito para a Psicanálise e a importância da oralidade no estabelecimento do laço mãe e bebê, principalmente no que se refere à experiência de frustração. Propõe uma modalidade de compreensão deste distúrbio, bem como uma reflexão sobre os efeitos da intervenção do fonoaudiólogo nestes casos.

Palavras-chave


psicanálise; refluxo gastroesofágico; sujeito; frustração; intervenção fonoaudiológica

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.