TODO PODER AOS SOVIETES: Pra fazer um mundo novo

Camila Jourdan

Resumo


O artigo aborda de modo sumário a participação dos anarquistas no processo revolucionário russo, desde a revolução de 1905, centrando-se na formação dos conselhos autogeridos, passando pelas Jornadas de Julho, pela Revolução makhnovista e pelo episódio de Kronstadt. A presença dos princípios anarquistas e libertários é mostrada como fundamental para a revolução. Já a guinada à direita do Estado russo, bem como sua decadência, aparecem como internamente relacionadas ao abandono de tais princípios. Neste caminho, é ressaltada ainda a manutenção de uma casta intelectual científica, que terminaria por minar a revolução, na medida em que constituiria a manutenção da estrutura capitalista e do princípio hierárquico estatal no âmbito dos micropoderes.

Palavras-chave: Revolução Russa, conselhos, anarquismo, micropolítica.

 

ABSTRACT:

The article briefly discusses the participation of anarchists in the russian revolutinary process, since 1905, focusing on the formation of self-managed councils, passing through the July Days, the Makhnovite Revolution and the Kronstadt episode. The precense of anarchist and libertarian principles is shown to be fundamental for the revolution, and the right wing turn of the russian State, as well as its decadence, appear as internally related to the abandonment of such principles. In this path, its also highlighted the the maintenance of a scientific intellectual caste, which would end up undermining the revolution, as it would constitute the maintenance of the capitalist structure and the hierarchical principle of the State in the scope of micro-powers.

Keywords: Russian Revolution, Councils, Anarchism, micropolitics.


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.