O Método Documentário na análise de um vídeo com conteúdo matemático
The Documentary Method in the analysis of a vídeo with mathematical content

Bárbara Cunha Fontes Ferreira, Marcelo de Carvalho Borba

Resumo


Resumo

Este artigo faz parte de um mosaico de textos que abordam o tema “Metodologia de Pesquisa e tecnologias digitais”, com o objetivo de apresentar a análise qualitativa de um vídeo com conteúdo matemático produzido por estudantes do curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul na modalidade a distância, baseada numa adaptação do Método Documentário. Ao buscar por conhecimentos e visões implícitas (conhecimento ateórico) no vídeo, a adaptação do Método Documentário foi essencial ao propor uma maneira para realizar tal ação, por meio de etapas que indicam caminhos a seguir. Como resultado, percebeu-se que o vídeo possui implicitamente a visão dos licenciandos a respeito dos processos de ensino e aprendizagem de matemática: formalista clássica e tecnicista mecanicista. Além disso, refletiu o ensino que os sujeitos tiveram e uma possível futura prática docente.

Palavras-chave: E-licm@t-Tube, Método Documentário, produção de vídeo.

Abstract

This article is part of a mosaic of texts dealing with Research Methodology and digital technologies whose purpose is to present the qualitative analysis of a video with mathematical content produced by the teaching in distance education degree in mathematics of the Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, based on an adaptation of the Documentary Method. When searching for knowledge and implicit visions (atheorical knowledge) in the video, the adaptation of the Documentary Method was essential when proposing the researcher a way to carry out such action, through steps that indicate ways to follow. As a result, it was noticed that the video implicitly has the view of the undergraduates regarding the teaching and learning processes of mathematics: classical formalist and mechanistic technicism. In addition, it reflected the teaching they had and a possible future teaching practice.

Keywords: E-licm@t-Tube, Documentary Method, vídeo production.

Resumen

Este artículo forma parte de un mosaico de textos que abordan la Metodología de la Investigación y las tecnologías digitales, cuyo propósito es presentar el análisis cualitativo de un video con contenido matemático producido por estudiantes de la carrera de Licenciatura en Matemáticas de la Universidad Federal de Mato Groso do Sul, a partir de una adaptación del Método Documental. A la hora de buscar conocimientos y visiones implícitas (conocimientos ateos) en el video, la adecuación del Método Documental fue fundamental a la hora de proponer al investigador una forma de llevar a cabo dicha acción, a través de pasos que indican caminos a seguir. Como resultado, se advirtió que el video tiene implícitamente la visión de los estudiantes sobre los procesos de enseñanza y aprendizaje de las matemáticas: formalista clásico y tecnicismo mecanicista. Además, reflejaba la docencia que tenían y una posible práctica docente futura.

Palabras clave: E-licm@t-Tube, Método Documental, producción de vídeo.


Palavras-chave


E-licm@t-Tube, Método Documentário, produção de vídeo

Texto completo:

PDF

Referências


Araújo, J. L. & Borba, M. C. (2004) Construindo pesquisas coletivamente em Educação Matemática. In Borba, M. C. & Araújo, J.L. Pesquisa Qualitativa em Educação Matemática. 5ª edição. Belo Horizonte: Autêntica, 2013. (Publicado originalmente em 2004).

Baltruschat, A. (2010) A interpretação de filmes segundo o método documentário. In Weller, W.; Pfaff, N. Metodologias da pesquisa qualitativa em Educação: Teoria e Prática (p. 151 – 181). Petrópolis: Editora Vozes.

Bohnsack, R & Weller, W. (2010) O método documentário na análise de grupos de discussão. In: Weller, W.; Pfaff, N. Metodologias da pesquisa qualitativa em Educação: Teoria e Prática (p. 67 – 86). Petrópolis: Editora Vozes.

Borba, M. C., Almeida, H. F. L. & Gracias, T. A. S. (2018) Pesquisa em ensino e sala de aula: diferentes vozes em uma investigação. Belo Horizonte: Autêntica.

Borba, M. C., Chiari, A. S. S. & Almeida, H. R. F. L. (2018) Interactions in virtual learning environments: new roles for digital technology. Educational Studies in Mathematics, v. 98, n.3, p. 269 – 286.

Borba, M. C., Malheiros, A. P. S. & Amaral, R. B. (2007) Educação a Distância online. 3ª edição. Belo Horizonte: Autêntica, 2011. (Publicado originalmente em 2007).

Borba, M. C., Scucuglia, R. R. S. & Gadanidis, G. (2014) Fases das tecnologias digitais em Educação Matemática: sala de aula e internet em movimento. Belo Horizonte: Autêntica.

DÁmbrósio, U. & Borba, M. C. (2010) Dynamics of change of mathematics education in Brazil and a scenario of current research. ZDM Mathematics Education, volume 42, p. 271 – 279.

Engelbrecht, J., Llinares, S. & Borba, M. C. (2020) Transformation of the mathematics classroom with the internet. ZDM Mathematics Education, v. 52, p. 825–841.

Ferrés, J. (1996) Vídeo e Educação. Juan Acuña Llorens (Trad). 2. ed. Porto Alegre: Artes Médicas.

Fiorentini, D. (1995) Alguns modos de ver e conceber o ensino da matemática no Brasil. Revista Zetetiké, volume 3, número 1, p. 1 – 38.

XXXXX, X. X. (2019) XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX. 187 p. (Dissertação de Mestrado). Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Programa de Pós-graduação em Educação Matemática, Rio Claro.

Grilo, J. S. P, Barbosa, J. C. & Luna, A. V. A. (2015) Repercussões de disciplinas específicas na ação do professor de matemática da educação básica: uma revisão sistemática. Educação Matemática Pesquisa, volume 17, número 1, p. 4-24.

Lévy, P. (1998) A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. 2º edição. São Paulo: Loyola.

Rodrigues, S. H. (2013) Jovens oriundos de países africanos de língua portuguesa na universidade de Brasília: experiências de migração internacional estudantil. (Tese de Doutorado). Faculdade de Educação, Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Educação, Brasília.

Santos, E. (2010) A informática na educação antes e depois da Web 2.0: relatos de uma docente-pesquisadora. In Rangel, M. & Freire, W. Ensino-aprendizagem e comunicação. Rio de Janeiro: Wak.

Weller, W. (2005) A contribuição de Karl Mannheim para a pesquisa qualitativa: aspectos teóricos e metodológicos. Sociologias. Porto Alegre. ano 7, número 13, p.260 – 300.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2020v22i3p637-665

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2021 Educação Matemática Pesquisa : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES DA REVISTA
     
             Anti-Plágio