Percepção da autonomia de idosos longevos e sua relação com fatores sociodemográficos e funcionais

Juliana Hotta Ansai, Celisa Tiemi Nakagawa Sera

Resumo


Trata-se de um estudo descritivo para verificar a percepção da autonomia de 50 idosos longevos ambulatoriais e os fatores sociodemográficos e funcionais associados. Foram coletados dados sociodemográficos, caracterização do cuidar, funcionalidade e percepção de autonomia. Os voluntários demonstraram alto grau de percepção de autonomia, a qual se correlacionou de forma significativa somente com a funcionalidade. Os profissionais devem ajudar os idosos a reconhecer e trabalhar com suas escolhas, além de respeitá-las durante suas intervenções.

Palavras-chave


Idoso de 80 anos ou mais; Autonomia pessoal; Atividades cotidianas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2013v16i3p189-200

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.