Quedas em idosos institucionalizados

Julia Emiko Fleming Uchida, Sheila de Melo Borges

Resumo


O objetivo do presente estudo foi verificar a frequência de quedas em idosos institucionalizados, bem como descrever os fatores de risco para quedas dessa população. As informações foram obtidas por meio de análise de prontuários, de entrevistas e pelos testes Timed Up and Go, Short Physical Performance Battery, Mini-exame do Estado Mental, Medida de Independência Funcional e Escala de Depressão Geriátrica-15. A frequência de quedas foi de 22,2% e verificou-se que os fatores de risco são frequentes nessa população, mostrando, assim, um risco importante para quedas futuras.

Palavras-chave: Saúde do Idoso Institucionalizado; Acidentes por quedas; Fatores de risco.


Palavras-chave


Saúde do Idoso Institucionalizado; Acidentes por quedas; Fatores de risco.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2013v16i3p83-94

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.