Amor, Beleza, Satisfação Conjugal, e Relações Familiares: Um Estudo com Casais Jovens Adultos e de Meia-Idade

Camila Desidério Matsumoto, Camila Boroni Ghellere, Vicente Cassep-Borges, Deusivania Vieira da Silva Falcão

Resumo


Os objetivos deste estudo foram analisar a relação entre as variáveis: amor (em suas dimensões Intimidade, Paixão e Decisão/Compromisso), beleza, satisfação conjugal e relações familiares (indicadas pela coesão familiar e conflitos familiares) em casais jovens adultos e de meia-idade. Foram investigados 200 sujeitos (50 casais de jovens adultos e 50 casais de meia-idade). Utilizaram-se os seguintes instrumentos: questionário; Escala Triangular do Amor de Sternberg; Escala de Satisfação Conjugal; Escala de Avaliação da Coesão e Adaptabilidade Familiar - Faces III e; Escala de Conflito Conjugal. Constatou-se que os casais de meia-idade apresentaram maior índice de satisfação conjugal do que os casais jovens adultos. Os sujeitos que consideravam seu cônjuge como sendo uma pessoa bonita tinham maior: satisfação conjugal (r= 0,424; p<0,001), intimidade (r= 0,384; p<0,001), paixão (r= 0,372; p<0,001) e decisão/compromisso (r= 0,337; p<0,001) e; sentiam mais amor pelo cônjuge (r= 0,371; p<0,001). Este grupo de casais, também, apresentou maior coesão familiar (r= 0,387; p<0,001) e menos conflitos familiares (r= -0,342; p<0,001). Conclui-se que a percepção favorável da beleza tanto de si quanto do cônjuge exerce influência positiva nas relações conjugais e familiares.

Palavras-chave: Amor; Beleza; Satisfação conjugal; Família; Casamento.


Palavras-chave


Amor; Beleza; Satisfação conjugal; Família; Casamento.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2017v20i1p369-388

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.