Redução da pressão arterial e circunferência abdominal e melhora da Capacidade Funcional de idosas hipertensas submetidas a Programa de Fisioterapia Funcional

Camila Gimenes, Eduardo Aguilar Arca, Marina Antônio Paulino, Nathália Valêncio Nicolau, Bianca Buitoni, Tauane Perez Pontes, Bruno Martinelli, Silvia Regina Barrile

Resumo


O objetivo foi verificar o efeito do programa de fisioterapia funcional (PFF) sobre variáveis hemodinâmicas, antropométricas e capacidade funcional (CF) em mulheres idosas hipertensas. Foram sujeitos do estudo sete idosas hipertensas (68,1 ± 7,7 anos). Foi realizada a antropometria e a medida da pressão arterial. Para mensurar a CF, foram aplicados os testes de caminhada de seis minutos (TC6), o Timed Up & Go (TUG) e o Teste do degrau (TD). Após o PFF, foi constatada diminuição da pressão arterial diastólica (PAD) de 77,7 ± 5,6 mmHg para 70,1 ± 8,2 mmHg e da circunferência abdominal (CA) de 95,6 ± 7,8 cm para 93,6 ± 7,3 cm e aumento da distância percorrida no TC6 de 438 ± 58 m para 506 ± 61 m. Concluiu-se que o PFF contribuiu na redução da PAD e CA e na CF, avaliada pelo teste de TC6, em idosas hipertensas.


Palavras-chave


Modalidades de Fisioterapia; Idoso; Hipertensão.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2015v18i1p77-92

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.