Internações hospitalares por quedas em idosos brasileiros e os custos correspondentes no âmbito do Sistema Único de Saúde

Iarema Fabieli Oliveira de Barros, Marisa Bastos Pereira, Teresinha Heck Weiller, Elenir Terezinha Rizzetti Anversa

Resumo


O objetivo da presente pesquisa foi analisar as internações hospitalares por quedas em idosos brasileiros, e os custos correspondentes no âmbito do Sistema Único de Saúde. Realizado estudo envolvendo dados secundários publicados pelo Ministério da Saúde de forma on line pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde, referente à morbidade decorrente de quedas, envolvendo idosos residentes no Brasil de 2005 a 2010. A análise dos dados se deu por meio de estatística descritiva (frequências absolutas e percentuais), segundo as variáveis: sexo, faixa etária, macrorregiões de saúde, tempo médio de permanência hospitalar e valor de Autorização de Internação Hospitalar pagas (AIH). Foram analisadas 399.681 internações hospitalares por quedas em idosos brasileiros, sendo que 59,781% ocorreram em pessoas do sexo feminino. O valor total de AIH pagas foi de R$ 464.874.275,91 e, desse valor total, 59,66% desses gastos destinaram-se ao sexo feminino. Percebe-se a importância do profissional de saúde enquanto promotor de saúde, com vistas a subsidiar políticas de prevenção de quedas.

 


Palavras-chave


Idoso; Acidentes por quedas; Custos hospitalares.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2015v18i4p63-80

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.