RELIGIOSIDADE E ATITUDE DIANTE DA MORTE EM IDOSOS SOB CUIDADOS PALIATIVOS

Kely de Azevedo Barbosa, Marta Helena de Freitas

Resumo


Diante da percepção das vivências de idosos em estágio final de câncer crônico-degenerativo, hospitalizados na ala de cuidados paliativos, constata-se que a religiosidade tem-se mostrado útil por se apresentar como fonte de recursos, e facilitar o lidar com problemas, podendo oferecer alívio para as experiências emocionais negativas, que comprometem o bem-estar dos indivíduos nestas condições. Nessa perspectiva, este estudo procura ilustrar a importância de se investigar a manifestação do fenômeno religioso nos indivíduos, de modo a se obter alternativas para a adequada atuação profissional no atendimento ao idoso em contexto das práticas de saúde.
Palavras-chave: religiosidade; enfrentamento religioso; morte; idoso.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2009v12i1p%25p

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.