ATENDIMENTO DE EXCELÊNCIA NOS CUIDADOS DO IDOSO HOSPITALIZADO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA EM UM HOSPITAL

Mariana de Ávila Maciel, Leonardo Alves Rezende, Sandra Maria Belmonte Pereira Moreira, Amanda Marques Faria, Brenda Alves Rodrigues, Laysa da Silva Rezende

Resumo


O processo de envelhecimento é acompanhado por alterações musculoesqueléticas, cardiovasculares, respiratórias e neurológicas que tornam o idoso mais fragilizado e propenso à hospitalização. O desenvolvimento de delirium (estado confusional agudo) é muito comum durante uma internação e pode ser exacerbado pelo uso de sedativos, infecções, doenças cardíacas, distúrbios hidroeletrolíticos e metabólicos, distúrbios do sistema nervoso central, neoplasias, traumatismos, e mudança de ambiente. Este relato de experiência objetiva descrever a prática vivenciada na implementação do programa de atendimento de excelência nos cuidados do idoso hospitalizado, implantado pela Residência Médica em Geriatria, em parceria com a Residência Multiprofissional do Hospital Estadual de Urgências de Goiânia. A parceria teve início em 2017, com objetivo de reduzir a incidência de delirium, melhorar a qualidade dos atendimentos e da qualidade de vida dos pacientes idosos internados. A equipe foi formada por profissionais residentes médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, psicólogos, farmacêuticos e profissionais do serviço social, e o programa foi composto por reuniões semanais com discussões de casos clínicos e do manejo do tratamento em cada especialidade dos pacientes admitidos pela equipe. No âmbito da fisioterapia, a avaliação era realizada a cada sete dias com análises da força muscular, equilíbrio, funcionalidade e marcha, e os atendimentos eram mais frequentes com ênfase em mobilização precoce e manutenção/recuperação da funcionalidade prévia à internação. Após a implantação do programa, a assistência ao paciente idoso admitido pela geriatria tornou-se mais humanizada e integral devido à constante comunicação entre a equipe, a detecção, e o tratamento do delirium tornou-se mais precoce frente à vigilância diária de qualquer sinal de delirium, como também de qualquer complicação durante a internação. Esse primeiro ano de programa permitiu constatar a importância do atendimento multiprofissional, como também a comunicação da equipe, na excelência do atendimento do idoso hospitalizado.

Palavras-chave


Envelhecimento; Hospitalização; Serviços de saúde para idosos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2018v21iEspecial24p9-10

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.