A INTERGERACIONALIDADE E COOPERAÇÃO NA REALIZAÇÃO DOS EVENTOS DA UNIVERSIDADE DO ENVELHECER

Matheus Assis Ribeiro da Silva, Stella Cristina Assis Ribeiro da Silva, Bruno Alves da Silva, Andrea Pecce Bento, Kerolyn Ramos Garcia

Resumo


O Programa de Extensão Universidade do Envelhecer, UniSER, da Universidade de Brasília atinge sua excelência devido, em parte, aos sucessos de seus eventos educacionais e interativos. Esses eventos contam com o protagonismo de uma equipe diversificada que inclui estudantes, pesquisadores, discentes, voluntários, amigos e comunidade - dos mais jovens aos mais velhos -, o que promove o diálogo entre as gerações, culturas e costumes heterogêneos. O objetivo deste trabalho é relatar como a experiência dos eventos promovidos pela UniSER buscam proporcionar o convívio entre as gerações, difundir conceitos que tratam a velhice de maneira positiva e desenvolver uma educação transformadora. Devido ao acolhimento de amigos e pessoas voluntárias, é possível observar os bastidores da preparação das várias cerimônias fomentadas pela UniSER, como encontros dos velhos, formaturas e eventos de solidariedade. A diversidade do grupo, que trabalha de forma unificada, é notável: estudantes universitários de distintas áreas do conhecimento, professores, jovens e adolescentes, tanto dentro quanto fora do campo acadêmico, pessoas mais velhas integradas ao Programa e demais membros da comunidade. O foco do Programa é a velhice, mas o tema é trabalhado transversalmente em todas as gerações e em todas as suas atividades. Todos aqueles que, de alguma forma, contribuem e participam das festividades, e demais eventos suscitados pela Instituição, repensam suas perspectivas sobre o envelhecimento. As pessoas que aproveitam a oportunidade de interagir com o grupo aprendem que a velhice não é sinônimo de uma vida próxima ao fim e, sim, uma vida em andamento que deve ser aproveitada e valorizada tanto quanto se valoriza a vida na juventude. Toda a interação humana é proveitosa e as barreiras de resistência que existem entre as gerações de pessoas mais velhas e mais jovens devem ser ultrapassadas para que haja espaço para a difusão e construção do conhecimento.

Palavras-chave


Intergeracionalidade; Envelhecimento

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2018v21iEspecial24p15-16

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.