A influência da dupla tarefa no desempenho funcional de idosos institucionalizados e não institucionalizados

Marineide do Sacramento Almeida, Lisiane Piazza Luza, Rubia Jaqueline Magueroski da Silva, Jéssica de Araújo Coelho, Sara M. Soffiatti Dias

Resumo


Este estudo avaliou a influência da dupla tarefa no desempenho funcional de idosos institucionalizados e não institucionalizados, os quais realizaram as atividades de apoio unipodal, caminhada, subir e descer de um step, e sentar e levantar de uma cadeira (tarefa simples) e as mesmas tarefas segurando um copo com água, contando do número 10 ao um dupla tarefa motora - DTM), contando do número 10 ao um (dupla tarefa cognitiva - DTC) e segurando um copo de água e contando do número 10 ao um (dupla tarefa motora-cognitiva - DTMC), verificando-se um pior desempenho nos idosos institucionalizados.

 


Palavras-chave


Idoso; Atividade Motora; Institucionalização.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2017v20i4p415-429

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.