Prevalência do uso de medicamentos potencialmente inapropriados ao idoso no Brasil: uma revisão sistemática

Bruno Gedeon Araujo, Clayton Franco Moraes, Kárita Almeida da Fonseca

Resumo


O envelhecimento está relacionado, via de regra, ao uso de medicamentos. Esta é uma revisão sistemática sobre as prevalências de uso de medicamento potencialmente perigosos em idosos, em estudos brasileiros, utilizando-se o Critério de Beers. A prevalência variou entre 17 e 98,2% em amostras domiciliares, ambulatoriais, hospitalares e em instituições de longa permanência. Dados que demonstram a necessidade de políticas de enfrentamento aos riscos inerentes ao uso de medicamento pelo paciente idoso no Brasil.

Palavras-chave


Idoso; Medicamento inapropriado ao idoso; Critério de Beers.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2019v22i4p119-139

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.