O idoso pelo próprio idoso: percepção de si e de sua qualidade de vida

Priscila Monteiro de Almeida, Elba Gomide Mochel, Maria do Socorro Silva Oliveira

Resumo


Nesta pesquisa foram analisados os conceitos de “ser pessoa idosa” e de “qualidade de vida”, a partir da perspectiva de idosos aposentados e pensionistas do Ministério da Fazenda, participantes de um grupo de Terapia Ocupacional. Utilizou-se a abordagem qualitativa, seguindo a metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo. Verificou-se que o significado de ser pessoa idosa é bastante heterogêneo, enquanto que, para avaliar sua qualidade de vida, os idosos estudados utilizaram ideias que foram agrupadas em sete dimensões, a saber: psicológica, saúde, convívio social, cidadania, economia, autonomia e família.

Palavras-chave


Ser idoso; Qualidade de vida; Dimensões

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2010v13i2p%25p

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.