Um programa de extensão universitária para o cuidado de idosos e de seus familiares: a perspectiva de estudantes de educação física

Autores

  • Camila Fabiana Rossi Squarcini
  • Felipe Eduardo Ferreira Marta
  • Luzia Wilma Santana da Silva
  • Franck Nei Monteiro Barbosa

DOI:

https://doi.org/10.23925/2176-901X.2011v14iEspecial9p39-53

Palavras-chave:

Extensão universitária, Família, Doença crônica

Resumo

Este estudo tem como objetivo avaliar a opinião de graduandos de Educação Física da UESB participantes do Projeto de Extensão NIEFAM a respeito da Extensão Universitária. Concluímos que uma “semente está plantada”, entretanto, é necessário entender o funcionamento da tríade Universitária como sendo interconectada, onde os três pólos existem no mesmo nível de importância. Assim, deixaremos de enxergar a extensão universitária como mero apêndice, vetor assistencialista ou de propaganda.

Biografia do Autor

Camila Fabiana Rossi Squarcini

Pesquisadora do Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Extensão em Cuidados à Saúde da Família em Convibilidade com Doenças Crônicas- NIEFAM e do Núcleo de Atividade Física e Saúde, docente do Departamento de Saúde, UESB.

Felipe Eduardo Ferreira Marta

Coordenador do Corporhis: corpo, história e cultura. Membro do NIEFAM. Docente do Departamento de Saúde, UESB.

Luzia Wilma Santana da Silva

Coordenadora do Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Extensão em Cuidados à Saúde da Família em Convibilidade com Doenças Crônicas – NIEFAM - Linha Família em seu ciclo Vital. Docente do Departamento de Saúde, UESB.

Franck Nei Monteiro Barbosa

Pesquisador do Corporhis: corpo, história e cultura. Membro do NIEFAM. Docente do Departamento de Saúde, UESB.

Downloads