Avaliação da atitude diante do envelhecimento de mulheres com 50 anos ou mais portadoras de HIV/AIDS

Autores

  • Fabiana de Souza Orlandi
  • Damiana Aparecida dos Santos
  • Marisa Silvana Zazzetta de Mendiondo
  • Bárbara Garbelotti Pepino

DOI:

https://doi.org/10.23925/2176-901X.2011v14i2p63-80

Palavras-chave:

Saúde da mulher, Envelhecimento, Síndrome da imunodeficiência adquirida.

Resumo

Este estudo visa a avaliar as atitudes diante do envelhecimento de mulheres com 50 anos ou mais portadoras de HIV/AIDS, por meio do Attitudes to Ageing Questionnaire (AAQ). Trata-se de um estudo descritivo, de corte transversal. Todos os preceitos éticos foram respeitados. Dentre os domínios avaliados pelo AAQ, o domínio Mudanças Físicas foi o que apresentou a pior percepção em relação ao envelhecimento, indicando o quanto é difícil envelhecer com uma doença estigmatizante e incurável como o HIV/Aids.

Biografia do Autor

Fabiana de Souza Orlandi

Professora do Curso de Gerontologia do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de São Carlos, São Carlos (SP), Brasil.

Damiana Aparecida dos Santos

Acadêmica do Curso de Gerontologia do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de São Carlos, São Carlos (SP), Brasil.

Marisa Silvana Zazzetta de Mendiondo

Professora do Curso de Gerontologia do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, (SP), Brasil.

Bárbara Garbelotti Pepino

Acadêmica do Curso de Gerontologia do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, (SP), Brasil.

Downloads

Edição

Seção

Artigos