AÇÃO EMPREENDEDORA EM UM APL: O PORTE DA EMPRESA COMO ESTILO DE GESTÃO

Fátima Regina Ney Matos, Diego de Queiroz Machado

Resumo


O objetivo deste trabalho foi verificar como o porte da empresa representa um estilo de gestão em um arranjo produtivo situado em Toritama, município localizado no agreste pernambucano, tendo em vista que não existem quaisquer forças que impeçam o crescimento dos micro e pequenos negócios locais. Via de regra, micro e pequenas empresas, individualmente, não formulam estratégias para orientar sua prática, atividade usual em empresas de maior porte. O referencial teórico abordou o empreendedorismo em arranjos produtivos locais. Foi realizado um estudo de caso qualitativo nos micro e pequenos negócios relacionados à cadeia produtiva do jeans e os dados foram coletados por meio de entrevista semi-estruturada e observação direta. Os dados indicam que o tamanho da empresa é um estilo de gestão, pois 95% dos negócios são considerados de micro e pequeno porte e não existe no local nenhuma empresa de grande porte, mesmo com a atividade sendo exercida há aproximadamente trinta anos.


Palavras-chave


Empreendedorismo. Arranjo produtivo local. Porte da empresa. Estilo de gestão. Micro e pequenos negócios.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: