MOVIMENTO DA VIDA NO VALE DO GAMARRA, SUL DE MINAS GERAIS

Mariana Gravina Prates Junqueira

Resumo


No Vale do Gamarra, na zona rural de Baependi, no sul de minas Gerais, ocorre a interação entre a população local, denominada tradicional caipira, e os novos habitantes, que chegam à região. As relações socioculturais entre esses atores constituem o objeto desta dissertação. A compreensão das características da população tradicional caipira e da sua reprodução cultural permitiram verificar as influências da sociedade urbano-industrial, que acontecem com a chegada dos meios de comunicação e de novos moradores nessa área cultural caipira. As interações culturais entre os grupos, numa realidade rural relativamente isolada e peculiar, delinearam grandes transformações. Observamos, portanto, um intenso fluxo migratório: de caipiras que se mudam para a cidade e citadinos que procuram novas formas de vida no campo. Nesse sentido, o campo vai recebendo não só novos moradores, como também vão nascendo novas realidades: atividades econômicas e diferentes formas de reprodução sociocultural, dando origem a múltiplas transformações sociais, tanto na região estudada como em diversas outras. Enfim, em meio a uma realidade complexa e peculiar, a dinâmica migratória reproduz novas realidades em um processo de interação sociocultural com novas relações sociais, afetivas e religiosas no local.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: