A PRACTICE TURN NOS ESTUDOS ORGANIZACIONAIS BRASILEIROS: UMA ANÁLISE DE PUBLICAÇÕES ENTRE OS ANOS 2006 - 2015

Gustavo Leite Alvarenga

Resumo


Diante de conceitos tradicionais das ciências sociais e humanas que oscilam entre polaridades como estrutura e agente, surge, em décadas recentes, um movimento no qual se desloca o prisma por onde se compreende o ordenamento social para as práticas cotidianas. Em torno dessa nova abordagem teórica metodológica, em que a unidade social de análise é a prática, debates buscam um consenso sobre as origens e as linhas gerais que delineiam esse novo campo de estudo. Frequentemente intitulado de Practice Turn ou Re-turn to Practice, esse deslocamento confere às diversas áreas e aos estudos organizacionais a possibilidade de desvendar propriedades e mecanismos ainda pouco explorados. Neste presente estudo, busca-se demonstrar como a “virada” para as práticas tem repercutido nas publicações brasileiras. Para isso foram analisados 113 artigos nos quais há a predominância de ensaios teóricos e concentração em temas como a estratégia e o aprendizado.


Palavras-chave


Teorias da Prática, Estudos Organizacionais, Análise de Publicações.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: