Avaliação de desempenho dos Institutos Federais: um estudo de caso na terceira expansão da Rede Federal de Educação Profissional em Pernambuco

Alba de Oliveira Barbosa Lopes, Richard Medeiros de Araújo

Resumo


Resumo: Este trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho dos Institutos Federais pernambucanos pertencentes à terceira expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, em Pernambuco. O procedimento metodológico está fundamentado numa abordagem quantitativa, aplicada e descritiva. Os dados foram coletados através da base de dados Plataforma Nilo Peçanha, lançada em 2018, com anos-bases 2017 e 2018. Foram importantes também documentos do Tribunal de Contas da União (TCU) relativos à atuação da referida rede, bem como o Plano Nacional da Educação (Lei nº. 13.005/2014). Foram 9 unidades e 26 cursos investigados por meio de indicadores constantes no Acórdão nº 2.267/2005 do TCU nos seguintes indicadores: inscritos por vaga, eficiência acadêmica, evasão do ciclo, retenção do ciclo, matrícula por professor e titulação do corpo docente. Por descontinuidade dos dados nos anos em questão, 3 campi e 14 cursos foram excluídos da análise comparativa. Dos 12 cursos restantes, com dados completos, observou-se que: a) apenas o curso de Logística supera a média da rede federal de inscritos por vaga, em 2017 e 2018; b) somente dois cursos (Logística e Qualidade) atingiram a média da eficiência acadêmica da rede nos dois anos; c) não mais que três cursos (Logística, Qualidade e Administração) estão com taxas de evasão no ciclo menores do que a média da rede; d) três cursos estão com taxas de retenção no ciclo menores do que a média da rede, são eles: Informática para Internet, campus Jaboatão e Qualidade e Administração. Quando analisados indicadores dos campi e não dos cursos, obteve-se que: a) a relação matrícula por professor, regular em 2017 na maioria dos campi, extrapolou, no ano seguinte, a meta estabelecida pelo Plano Nacional de Educação (2014-2024) e b) o índice de titulação do corpo docente, mostrou-se inadequado em relação à meta estabelecida na lei, para apenas dois campi – Igarassu e Palmares. Esse trabalho ressalta que a busca pela melhoria dos indicadores deve ser contínua nessas instituições uma vez que foram encontrados dados incompatíveis com as metas estabelecidas ou com a média encontrada na rede.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2237-4418.2020v35i1p113-130

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: