AS COMPETÊNCIAS PARA O TRABALHO DOCENTE: UM ESTUDO COM PEDAGOGOS

Pinheiro Cristiane de Macedo Mazin, Jhony Pereira Moraes, Alexandre Dal Molin Wissmann

Resumo


O presente artigo visa retratar a percepção de docentes formados em Pedagogia e atuantes em escolas públicas e privadas da cidade e região metropolitana de Porto Alegre/RS sobre as competências que consideram essenciais para o seu trabalho. É um estudo de caráter qualitativo e descritivo, em que foi aplicado um roteiro de perguntas semiestruturadas. Participaram da pesquisa 10 professoras atuantes nos sistemas de ensino público e privado na cidade de Porto Alegre/RS e região metropolitana. Os dados apontam para a comunicação, o trabalho em equipe e o planejamento como competências mais importantes ao trabalho docente. Em conjunto, notam-se dificuldades no processo de ensino-aprendizagem oriundas de diferenças sociais, étnicas e econômicas, bem como a partir da utilização da tecnologia. A pesquisa contribui ao campo de estudo voltado à formação e competências docentes ao buscar evidenciar competências essenciais ao trabalho desses profissionais a partir do próprio relato de quem vivencia e compartilha em seu cotidiano de desafios, dificuldades e possibilidades da sala de aula, do ensino e da aprendizagem de alunos em seus mais diferentes contextos de vida.


Palavras-chave


Competências; Pedagogia; Trabalho docente

Texto completo:

PDF

Referências


ALANIZ, E. P.; ANNIBAL, S. F.; GEBRAN, R. A. O Curso de Pedagogia no Brasil e a Formação do Professor da Educação Básica: Perspectiva Histórica. Educação em Revista, v. 16, n. 1, p. 7-20, 2015.

ALMEIDA, J. L. V. de.; GRUBISICH, T. M. O ensino e a aprendizagem na sala de aula numa perspectiva dialética. Revista lusófona de educação, n. 17, p. 65-74, 2011.

ALMEIDA, C. M. de.; SOARES, K. C. D.; SOARES, M. A. S. O Pedagogo escolar e seu papel na formação continuada dos professores. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EDUCERE, 12., 2015, Curitiba. Anais… Curitiba: EDUCARE, 2015.

AMARO, R. de A. Da qualificação à competência: deslocamento conceitual e individualização do trabalhador. RAM. Revista de Administração Mackenzie, v. 9, n. 7, p. 89-111, 2008.

AVELINO, W. F. Avaliação da educação básica e a formação do pedagogo. Ciência & Inovação, v. 4, n. 1, 2019.

BANDEIRA, Y. M.; SOUZA, P. C. Z. de. Mobilização de competências na profissão docente: contribuições do modelo da competência. Psicologia Escolar e Educacional, v. 18, n. 2, p. 273-281, 2014.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRASIL. Decreto n.º 1.190, de 04 de abril de 1939. Dá organização à Faculdade Nacional de Filosofia. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 06 abril 1939. Disponível em: . Acesso em: 03 jan. 2020.

_____. Congresso Nacional. Lei nº 5.540, de 28 de novembro de 1968. Fixa normas de organização e funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 03 dez. 1968. Disponível em:

. Acesso em: 09 jan. 2020.

_____. Congresso Nacional. Lei nº 9394, 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, DF, 20 dez. 1996. Disponível em:

. Acesso em: 09 jan. 2020.

_____. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP Nº. 1, de 15 de maio de 2006. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, Licenciatura. Brasília, 2006. Disponível em: . Acesso em: 26 fev. 2020.

BULGRAEN, V. C. O papel do professor e sua mediação nos processos de elaboração do conhecimento. Revista Conteúdo, Capivari, v. 1, n. 4, p. 30-38, 2010.

CARVALHO, I. M. V.; PASSOS, A. E. V. M.; SARAIVA, S. B. C. Recrutamento e Seleção por Competências. Rio de Janeiro: FGV, 2010.

DELUIZ, D. O Modelo das competências profissionais no mundo do trabalho e na educação: implicações para o currículo. Boletim Técnico do Senac. Rio de Janeiro, v. 27, n. 3, p.13-25, set./dez. 2001.

DIAS, R. E.; LOPES, A. C. Competências na formação de professores no Brasil: o que (não) há de novo. Educação & Sociedade, v. 24, n. 85, p. 1155-1177, 2003.

DURAND, T. Forms of incompetence. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON COMPETENCE BASED MANAGEMENT, 4., 1998, Oslo. Proceedings... Oslo: Norwegian School of Management, 1998.

FERNANDES, B. H. R.; FLEURY, M. T. L.; MILLS, J. Construindo o diálogo entre competência, recursos e desempenho organizacional. RAE-Revista de Administração de Empresas, p. 1-18, 2006.

FERREIRA, N. L.; AMORIM, S. da S.; DE OLIVEIRA, I. P. As habilidades e competências do professor diante dos novos recursos tecnológicos. Revista Eletrônica Faculdade Montes Belos, v. 4, n. 2, 2011.

FLEURY, M. T. L.; FLEURY, A. Construindo o conceito de competência. Construindo o conceito de competência. Revista de administração contemporânea, v. 5, n. SPE, p. 183-196, 2001.

FURLAN, C. M. A. História do curso de Pedagogia no Brasil: 1939-2005. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EDUCERE, 8., 2008, Curitiba. Anais… Curitiba: EDUCARE, 2008.

GATTI, B. A. A formação inicial de professores para a educação básica: as licenciaturas. Revista USP, n. 100, p. 33-46, 2014.

INEP, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP. Instrumento de Avaliação de Cursos Superiores de Pedagogia. 2010. Brasília. Disponível em:

. Acesso em: 09 jan. 2020.

IVENICKI, A. A Escola e seus Desafios na Contemporaneidade. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 27, n. 102, p. 1-8, 2019.

KAILER, P. G. da L. O Papel do pedagogo em relação à inclusão escolar. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EDUCERE, 11., 2013, Curitiba. Anais… Curitiba: EDUCARE, 2013.

KUENZER, A. Z. Competência como práxis: os dilemas da relação entre teoria e prática na educação dos trabalhadores. Boletim Técnico do SENAC. Rio de Janeiro, v. 20, n. 1, jan./abr. 2002.

LIBÂNEO, J. C. Diretrizes curriculares da pedagogia: imprecisões teóricas e concepção estreita da formação profissional de educadores. Educação & Sociedade, v. 27, n. 96, p. 843-876, 2006.

LOPES, R. C. S. A relação professor-aluno e o processo ensino-aprendizagem. Ponta Grossa: Secretaria de Estado da Educação do Paraná; Universidade Estadual de Ponta Grossa, 2011. (Caderno temático).

MARQUES, D. L. de S. Competências docentes na relação de ensino-aprendizagem com alunos da geração z dos cursos de graduação em administração. 2017. 160 f. Tese (Doutorado em Administração) – Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2017.

MOREIRA, K. D. Gestão de Competências. 1. ed. Indaial: Uniasselvi, 2018. 155p

MOREIRA, M. A. Teorias de aprendizagem. 2 ed. Rio de Janeiro: 2011.

MOURÃO, L.; ESTEVES, V. V. Ensino Fundamental: das competências para ensinar às competências para aprender. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 21, n. 80, p. 497-512, 2013.

MOURA, F. K. S. de; RODRIGUES, D. F. Diálogo sobre a importância do papel do professor na construção da formação humana do aluno. In: Congresso Nacional de Educação, 2, 2015, Campina Grande. Anais… Campina Grande: CONEDU, 2015.

MOROSINI, M. C.; CABRERA, A. F.; FELICETTI, V. L. Competências do pedagogo: uma perspectiva docente. Educação, v. 34, n. 2, p. 230-240, 2011.

NACIF, P. G. S.; CAMARGO, M. S. de. Desenvolvimento de Competências Múltiplas e a Formação Geral na Base da Educação Superior Universitária. In: Fórum Nacional de Educação Superior, 2009, Brasília/DF. Contribuições para o Fórum Nacional de Educação Superior. Disponível em Acesso em: 26 jan. 2020.

OECD, Organisation for Economic Co-operation And Development. Education at a Glance 2013: OECD Indicators, OECD Publishing. 2013.

_____. Programa para a Avaliação Internacional das Competências dos Adultos (PIAAC). 2020. Disponível em: Acesso em: 20 jan. 2020.

OLIVEIRA, M. A pedagogia além dos muros escolares: uma reflexão sobre o curso de pedagogia e a importância de uma educação mais sensível. 2017. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) – Escola de Educação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.

OSTERMANN, F., CAVALCANTI, C. J. de H. Teorias de Aprendizagem. Porto Alegre: Evangraf, UFRGS, 2011.

PEREIRA, M. A. C. Competências para o ensino e a pesquisa: um survey com docentes de engenharia química. 2007. 289 f. Tese (Doutorado em Engenharia da Produção) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

PERRENOUD, P.; THURLER, M. G. As competências para ensinar no século XXI: A formação dos professores e o desafio da avaliação. Porto Alegre: Artmed, 2007.

PERRENOUD, P. Dez novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artmed, 2000.

PIMENTA, Selma Garrido. Formação de professores: saberes da docência e identidade do professor. Revista da Faculdade de Educação, v. 22, n. 2, p. 72-89, 19

ROESCH, S. M. A. Projetos de Estágio e de Pesquisa em Administração: Guia para Estágios, Trabalhos de Conclusão, Dissertação e Estudos de Caso. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

RUIZ, J. Á. Metodologia Científica: Guia para eficiência nos estudos. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

SIMÃO, A. M. V. et al. Formação de professores em contextos colaborativos. Um projecto de investigação em curso. Sísifo - Revista de Ciências da Educação, n. 8, p. 61-74, 2009.

SPENCER, L. M.; MCCLELLAND, D. C.; SPENCER, S. M. Competency assessment methods: History and state of the art. Hay/McBer Research Press, 1994.

SPENCER, L. M.; SPENCER, S. M. Competence at work: models for superior performance. New York: John Wiley & Sons, 1993.

THOMAZI, Á. R. G.; ASINELLI, T. M. T. Prática docente: considerações sobre o planejamento das atividades pedagógicas. Educar em Revista, n. 35, p. 181-195, 2009.

TUNES, E.; TACCA, M. C. V. R.; JÚNIOR, R. dos S. B. O Professor e o ato de ensinar. Cadernos de Pesquisa, v. 35, n. 126, p. 689-698, set./dez. 2005.

VIEIRA, A.; LUZ, T. R. da. Do saber aos saberes: comparando as noções de qualificação e de competência. Organizações & Sociedade, v. 12, n. 33, p. 93-108, 2005.

ZARIFIAN, P. Objetivo competência: por uma nova lógica. São Paulo: Atlas, 2001.




DOI: https://doi.org/10.23925/2237-4418.2020v35i1p33-45

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: