Derechos y protección: una articulación singular en el campo institucional de atención a la infancia

Carolina Cicordia

Resumo


O artigo analisa algumas das características que assume a racionalidade que os atores sociais no campo da proteção da infância na região metropolitana de Buenos Aires (Argentina) mobilizam na configuração de dispositivos de cuidados institucionais para as crianças que são separadas de seus âmbitos familiares por serem vítimas de maus-tratos, negligência ou situações "de risco". A análise etnográfica destes elementos (como a natureza pessoal das relações sociais e "um repertório discursivo e emocional") torna-se central para a compreensão das formas que adquire a institucionalização dos direitos das crianças.

Palavras-chave


análise etnográfica; direitos das crianças; dispositivos de cuidados institucionais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1982-4807.2014i16p%25p

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Ponto-e-Vírgula está indexada em:

 

     

  

ISSN 1982-4807

A revista Ponto-e-Vírgula e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/pontoevirgula.