Levantamento preliminar de mamíferos silvestres em uma área de Floresta Ombrófila Mista na região de Porto Vitória-PR

Leandro Maciel, Katharina Priscila Weber Amaral Maciel

Resumo


Este estudo foi realizado em um fragmento de Floresta Ombrófila Mista (FOM) no interior do município de Porto Vitória, PR, (S 26°13’34.0” ; W 51°13’23.3”) levantamento objetivando inventariar e avaliar a diversidade e abundancia de mamíferos da região, no período de fevereiro a julho de 2010. O fragmento possui 133 ha dos quais 128 ha são recobertos por FOM secundaria em estado avançado de sucessão. Os registros dos mamíferos foram realizados semanalmente, com a utilização de métodos diretos e indiretos, incluindo registros visuais, análise de pegadas, triagem escatológica, analise tricológica, visualizações de animais mortos, caçados, atropelados e entrevistas com os moradores locais, totalizando 93 horas de visualizações diretas a procura de vestígios e 186 km percorridos, sendo realizadas vinte e três visitas diurnas e três se estendendo à noite.  Juntas, estas técnicas se mostraram eficientes, revelando a presença de 12 espécies, nove gêneros, nove famílias e seis ordens de mamíferos, dentre estes muitas espécies consideradas ameaçadas no estado do Paraná como Leopardus triginus, Leopardus wiedii, Puma concolor e Mazama spp, ficando evidente a importância da conservação dos pequenos remanescentes florestais para a conservação destes mamíferos no estado do Paraná.

 


Palavras-chave


mamíferos; inventário; floresta ombrófila mista

Texto completo:

PDF

Referências


BECKER, M. & DALPONTE, J.C, 1999. Rastros de mamíferos silvestres brasileiros – um guia de campo. 2 ed., Editora UnB.

CHIARELLO, A. G. 1999. Effects of fragmentation of the Atlantic forest on mammal communities in south-eastern Brazil. Biol. Conserv., 89: 71-82.

CHIARELLO, Adriano G.; AGUIAR, 2008. udmilla M. de S.; CERQUEIRA, Rui; MELO, Fabiano R. de; RODRIGUES, Flávio H. G.; SILVA, Vera Maria F. da; Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção; Volume II; Ministério do Meio Ambiente, Biodiversidade 19; Brasília, DF, p 681- 689.

DUARTE, J.M.B; Jorge, W. 1996. Chrossomal polymorphism in several populations of deer (Genus Mazama) fron Brazil. Arch Zootech v.45, Cordoba, p 281 – 287.

EMMONS, L. H. 1987.Comparative feeding ecology of felids in a neotropical rainforest. Behavior Ecology and Sociobiology. p.271-283.

KREBS, C.J. 2001. Ecology. 5.ed. San Francisco: Benjamin Cummings, p.695.

LANGE, R.B. JABLONSKI, E.F. 1981. Lista prévia dos mammalia do Estado do Paraná. Estudos de Biologia, Curitiba, n 6.

LOPES, M. A.; FERRARI, S. F 2000. Effects of Human Colonozation on the abundance and diversity of mammals in eastern Brazilian Amazônia. Conservation Biology, v. 14, n. 6, p. 1658-1665.

MAACK, R. 1981. Geografia física do Estado do Paraná. Rio de Janeiro: J. Olympio, p. 450.

MIRANDA, João Marcelo Deliberador; Rios, Rodrigo Fernando Moro; Passos,Fernando de Camargo, 2008. Contribuição ao conhecimento dos mamíferos dos Campos de Palmas, Paraná, Brasil; Revista Biotemas, 21 (2).

MIRETZKI, M. 1999. Bibliografia Mastozoológica do Estado do Paraná, Sul do Brasil. Acta biológica leopoldensia, São Leopoldo. V 21. n1.

MMA - Ministério do Meio Ambiente. 2008. Livro vermelho da fauna brasileira ameaçada de extinção / editores Angelo Barbosa Monteiro Machado, Gláucia Moreira Drummond, Adriano Pereira Paglia. - 1.ed. - Brasília, DF; Belo Horizonte, MG : Fundação Biodiversitas.

MORO-RIOS, Rodrigo f.; SILVA-PEREIRA, José e.; SILVA, Patrícia w. e; MOURA-BRITO, Mauro de, 2008. Manual de Rastros da Fauna Paranaense; IAP – Instituto Ambiental do Paraná; p 05 – 06.

ODUM, Eugene p. 1988. Ecologia, Editora Guanabara Koogan S.A, Travessa do Ouvidor, 11, Rio de Janeiro, RJ.

QUADROS, J. 2003. Identificação microscópica de pêlos de mamíferos brasileiros e sua aplicação no estudo de dieta de carnívoros. Paraná: UFPR. P.133, Tese de Doutorado – Universidade Federal do Paraná.

QUADROS, J.; BRAGA, F. G. 1998.Caracterização morfológica dos pêlos de diferentes partes do corpo de alguns mamíferos com ocorrência no Estado do Paraná. XIII Jornadas Argentinas de Mastozoologia. Puerto Iguazú, Misones. p.67.

REDFORD, K.H. & EISENBERG, J.F. 1992. Mammals of the Neotropics: the southern Cone. Chicago and London: The University of Chicago Press, vol. 2, p.430.

REIS, Nélio R.; PERACCHI, Adriano L.; PEDRO, Wagner, A.; LIMA, Isaac P. 2006. Mamíferos do Brasil. Catalogação na publicação elaborada pela Divisão de Processos Técnicos da Biblioteca Central da Universidade Estadual de Londrina. Londrina – Pr, p 17-24.

RÍO, M. C.; BOGGIO, V. I. 1998. Pátron morfológico de los pelos protetores de carnívoros del parque Nacional Iguazú. XIII Jornadas de Mastozoologia. Puerto Iguazú, Misiones. p. 68.

ROCHA, P.S.M. 2003. Estratégias de Desenvolvimento Sustentável para o Turismo Local: um Estudo de Caso do Projeto Turístico de União da Vitória –Paraná, Centro Universitário Positivo – UNICENP, Curitiba, Paraná, (dissertação não publicada), p125.

RODRIGUES Lindsley da Silva Rasca, 2007. Fauna do Paraná em Extinção; IAP – Instituto Ambiental do Paraná; Curitiba, p 03.

ROSSI, L.B. PANACHÃO E.I. ARASAKI, M.O. 2008. Monitoramento da mastofauna com armadilhas fotográficas no Parque Estadual Mata dos Godoy Londrina – PR.

SILVA, Flavio, 1994.Mamíferos Silvestres Rio Grande do Sul. Publicação editada pela Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul. Porto Alegre.

TERBORGH, J. 1992. Maintenance of diversity in tropical forests. Biotropica, Lawrence, v. 24, n. 2, pt. b, p. 283-292.