A inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais na educação básica e a implementação de uma equipe multiprofissional na rede estadual de ensino

Ananda Leonel Rosati, Heitor Zochio Fischer

Resumo


O presente trabalho teve por objetivo defender a implementação de uma equipe multiprofissional para auxiliar os alunos com necessidades educacionais especiais da rede estadual de ensino, principalmente nas primeiras séries da educação básica, que compreende o Ensino Fundamental I. Foram realizadas entrevistas com três professoras de 1º ao 5º ano, além de uma fonoaudióloga, uma psicopedagoga/terapeuta, uma psicóloga e uma fisioterapeuta. As docentes relataram as dificuldades encontradas no trabalho com esses alunos e apoiaram a implementação dessa equipe, assim como as demais profissionais. No entanto, a maioria acredita que para que essa parceria aconteça, há a necessidade de uma equipe bem elaborada e principalmente interesse e investimento financeiro por parte do governo.

Palavras-chave: inclusão; educação básica; multiprofissional; alunos; necessidades educacionais.

ABSTRACT

This study aimed to defend the implementation of a multidisciplinary team to assist students with special educational needs of the state schools, especially in the first grades of basic education, comprising primary education I. Interviews were conducted with three teachers from 1st to 5th year, and a speech therapist, a psychological counselor / therapist, a psychologist and a physiotherapist. The teachers reported difficulties in working with these students and supported the implementation of this team, as well as other professionals. However, most believe that for this to happen, there are needs like interest and financial investiment by the government and formation of a good and qualified team of professionals.

Keywords: inclusion; basic education; multidisciplinary; students; educational needs.

Palavras-chave


inclusão; educação básica; multiprofissional; alunos; necessidades educacionais

Texto completo:

PDF

Referências


BUENO, J. G. S. – A inclusão de alunos deficientes nas escolas comuns de ensino regular. Temas sobre Desenvolvimento, v.9, n. 54, p.21-7, 2001.

_____________. – Educação especial brasileira: integração/segregação do aluno diferente. 2. ed. São Paulo: EDUC, 1999.

Declaração de Salamanca e linhas de ação sobre necessidades educativas especiais. BRASIL. Ministério da Justiça/Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência. Brasília: (CORDE), 1994.

BRASIL. DECRETO n. 914, de 06 de setembro de 1993, que institui a Política Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência, e dá outras providências. Brasília: Presidência da República, Casa Civil, Sbchefia para assuntos Jurídicos. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d0914.htm, acesso em 07/04/2011.

BRASIL. DECRETO n. 6.571, de 17 de setembro de 2008, que dispõe sobre o atendimento educacional especializado, regulamenta o parágrafo único do art. 60 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e acrescenta dispositivo ao Decreto no 6.253, de 13 de novembro de 2007. Brasília: Presidência da República, Casa Civil, Sbchefia para assuntos Jurídicos. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Ato2007-2010/2008/Decreto/D6571.htm, acesso em: 07/04/2011.

LEONARDO, N.S.T.; BRAY, C.T.; ROSSATO, S.P.M. Inclusão escolar: um estudo acerca da implantação da proposta em escolas de ensino básico. Rev. Bras. Ed. Esp. v. 15, n. 2, p. 289-306, 2009.

PENA, F.F.; ROSOLÉM, F.C.; ALPINO, A.M.S. Contribuição da fisioterapia para o bem-estar e a participação de dois alunos com Distrofia Muscular de Duchenne no ensino regular. Rev. Bras. Ed. Esp. v. 14, n. 3, p. 447-462, 2008.

RAMOS, A.S.; ALVES, L. M. A fonoaudiologia na relação entre escolas regulares de ensino fundamental e escolas de educação especial no processo de inclusão. Rev. Bras. Ed. Esp. v. 15, n. 2, p. 235-250, 2008.


Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários