Caracterização fitossociológica da vegetação do Faxinal Marmeleiro de Cima no Município de Rebouças – PR

Jey Marinho Albuquerque, Luciano Farinha Watzlawick

Resumo


A área de distribuição natural da Floresta Ombrófila Mista (FOM), ou seja, aquela com ocorrência da Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze, ocorre no planalto meridional brasileiro, com cerca de 2,7 milhões de hectares, o que significa aproximadamente 24% em termos relativos. Presentes na região onde predomina a FOM, estão os Povos dos Faxinais, caracterizados por comunidades caboclas, apoiadas na forma de vida comunitária. É constatada uma carência de estudos de floresta em Sistema Faxinal, portanto há a necessidade da realização de pesquisas que retratem a florística e a estrutura dos remanescentes de FOM nessa fisionomia vegetal, cujas informações podem ser relevantes na elaboração e planejamento de ações que objetivem a preservação dessa formação florestal. O trabalho teve como objetivo analisar e comparar à diversidade florística, a estrutura horizontal, na regeneração da FOM em Sistema Faxinal, nas localidades do Marmeleiro de Cima no município de Rebouças-PR. No Faxinal Marmeleiro de Cima, foram inventariados 472 indivíduos, pertencentes a 21 famílias, 32 gêneros, distribuídas em 44 espécies. As espécies com maior valor de importância no Faxinal Marmeleiro de Cima foram: Capsicodendron dinisii (88,2%); Casearia obliqua (82,3%); Casearia sylvestris (70,6%). Nos faxinais merecem destaque as famílias Myrtaceae, Flacourtiaceae, Aquifoliaceae.
Palavras chaves: Sistema Faxinal, fitossociologia, Floresta Ombrófila Mista

Palavras-chave


Sistema Faxinal, fitossociologia, Floresta Ombrófila Mista.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo